Analytical characterization of the reality of municipal “dumps” in the Amazon of Pará

Authors

  • Maria Ludetana Araujo
  • Adegilson Abreu Lima
  • Tayná da Silva Santos
  • Nancy Santos Fernandes
  • Patrícia Alves Tavares
  • Isabel Lemos da Silveira
  • Fátima Barbosa Palheta

DOI:

https://doi.org/10.55905/revconv.17n.2-058

Keywords:

dumps, Pará Amazon, sustainable development

Abstract

This work aimed to analyze the general aspects of landfills in the Amazon in the territorialities of the municipalities of Pará, emphasizing the social and economic aspects of collectors of recyclable materials in these areas. This research was based on the bases of bibliographic and documentary research. It was identified that several municipalities in the state of Pará still have an environmentally inadequate final destination for landfills, causing various impacts on biodiversity, in addition to the presence of collectors of recyclable materials who work on the precariousness of these places, with scientific research being a possibility for recognizing these problems. and assistance to municipal and environmental management. It can be concluded that the state's municipalities urgently need mitigating measures to eradicate landfills, taking into account the deadline stipulated by the new legal framework for sanitation, and it is important to include, in a non-perverse way, waste pickers to comply with the adequate and effective management of solid waste, to promote sustainable and economic development in the Amazon.

References

Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais. (2022). Panorama dos Resíduos Sólidos no Brasil 2022. São Paulo: ABRELPE.

Aguiar, E. S., Ribeiro, M. M., Viana, J. H., & Potes, A. N. (2021). Panorama da disposição de resíduos sólidos urbanos e sua relação com os impactos socioambientais em estados da Amazônia. brasileira. urbe. Revista Brasileira de Gestão Urbana, 13, e20190263. DOI: 10.1590/2175-3369.013.e20190263

Aragón, L. E. (2018). A dimensão internacional da Amazônia: um aporte para sua interpretação. Revista NERA, 21(42), 14-33.

Baudrillard, J. (2018). A sociedade de consumo (2ª ed.). São Paulo: Edições 70.

Brasil. (2010). Lei n° 12.305, de 12 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos; altera a Lei no 9.605, de 12 de fevereiro de 1998; e dá outras providências. Recuperado de: https://tinyurl.com/2nxtzacw

Ferreira, D. T., & Freitas, N. M. S. (2013). Ensino de ciências e cidadania: perspectivas para o consumo sustentável. Amazônia: Revista de Educação em Ciências e Matemáticas, 10(19), 78-93.

Gil, A. C. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas.

Gonçalves, M. M. C. et al. (2012). Identificação dos Potenciais Riscos a Sociedade no entorno do lixão do bairro Santo André na cidade de Santarém-PA. Revista Geonorte, 3(4), 686-698.

Gonçalves, P. (2018). A cultura do supérfluo: lixo e desperdício na sociedade de consumo. São Paulo: Garamond.

Gouveia, N. (2012). Resíduos sólidos urbanos: impactos socioambientais e p perspectiva de manejo sustentável com inclusão social. Ciência & Saúde Coletiva, 17(6), 1503-1510.

Kjeldsen, P., Barlaz, M. A., Rooker, A. P., Baun, A., Ledin, A., & Christensen, T. H. (2002). Present and Long-Term Composition of MSW Landfill Leachate: A Review. Critical Reviews. Environmental Science and Technology, 297-336.

Lima, A. A., Araujo, R. N. M., & Santos, L. S. (2022). Os processos de combustão do lixão a céu aberto em Santa Maria do Pará e suas implicações na saúde da população. In: L. M. S. Brandão, M. S. Barbosa, D. A. Mota, & P. G. Freitas (Org.). Multiplicidades do meio ambiente na contemporaneidade (pp. 119–138). Rio de Janeiro: E-publicar. DOI: 10.47402/ed.ep.c202222578167

Marinho, R. S. (2020). Condições de vida, trabalho e saúde: um estudo sobre catadores de materiais recicláveis no aterro do Perema, Santarém, Pará, Brasil. (Tese de Doutorado, Universidade Federal do Oeste do Pará, Santarém, PA, Brasil).

Medeiros, L. F. R., & Macêdo, K. B. (2006). Catador de material reciclável: uma profissão para além da sobrevivência? Psicologia & Sociedade, 18, 62-71.

Ogorodnik, M. E. A. et al. (2022). Indicadores de sustentabilidade na gestão de resíduos municipais no município de Salvaterra (Ilha do Marajó-Pará). Pesquisa, Sociedade e Desenvolvimento, 11(10), e480111032812.

Pires, D. M. B., & Oliva, P. C. (2020). Avaliação da contaminação da subsuperfície de um lixão a céu aberto no município de Bragança (Pará, Brasil). Braz. J. of Develop., 6(1), 213-226. DOI:10.34117/bjdv6n1-015.

Portilho, F. (2005). Sustentabilidade ambiental, consumo e cidadania. São Paulo: Cortez.

Quadros, C. S. S., Brito, M., Queiroz, M., Cunha, E., Castro, A. M. P., Silva, A. M., & Barreto, R. (2017). Estudo sobre trabalho infantil em Castanhal. Castanhal: Prefeitura Municipal de Castanhal.

Ramalho, I., Silva, C. S., Mendes, A. S., & Silva, M. C. C., Almeida, B. C., & Pereira, S. F. P. (2014). Avaliação da intemperização do solo de uma área de lixão na cidade de Tucurui-Pará-Brasil. Proceedings of the XIII International Conference on Engineering and Technology Education, Guimarães, Portugal. DOI: 10.14684/INTERTECH.13, 2014.418-422.

Reis, L. S., & Chaves, L. S. S. (2012). Contaminação do Rio Chumucuí por líquidos percolados (chorume) oriundos do lixão da cidade de Bragança, Pará. Anais do III Congresso Brasileiro de Gestão Ambiental, Goiânia, GO, Brasil.

Rodrigues, M. L. P. (2020). Apontamentos para um futuro plano de gestão integrada de resíduos sólidos para o município de Limoeiro do Ajuru, Pará, Amazônia, Brasil. (Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Pará, Belém, PA, Brasil).

Santos, L. F. (2022). Avaliação da degradação socioambiental da área de influência direta do lixão de Juazeiro do Norte – CE. (Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Cariri, Crato, CE, Brasil).

Silva Junior, J. L. (2018). Avaliação dos impactos socioambientais do “lixão da água limpa”, localizado no município de Igarapé-açu/PA: uma proposta mitigadora. (Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, PA, Brasil).

Silva, R. S. B., Sousa, A. M. L., & Sodré, M. I. V. (2018). Avaliação sazonal da qualidade das águas superficiais e subterrâneas na área de influência do Lixão de Salinópolis, PA. Rev. Ambient. Água, 13(2), 1-17. DOI:10.4136/ambi-agua.2072

Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento. (2022). Diagnóstico dos serviços de água e esgotos. Recuperado de: https://tinyurl.com/bdhrxujy

Soares, L. M. (2019). Características químicas do solo e avaliação socioambiental em área de influência do lixão de Castanhal-PA. (Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, PA, Brasil).

Souza, D. E. D., Mendes, A. C., Franco, L. N., Araújo, A. S., & Ishihara, J. H. (2021). Qualidade da água subterrânea para consumo humano em área de influência de lixão desativado. Rev. AIDIS, 14(2), 747-766.

Tavares, P. C., & Jesus, R. B. F. (2023). O descarte irregular dos resíduos sólidos e as consequências na saúde dos moradores da comunidade do Itabocal, localizado no município de Tomé-Açu. (Trabalho de Conclusão de Curso, Universidade Federal Rural da Amazônia, Belém, PA, Brasil).

Vale, C. (2022). A educação como negócio social na Amazônia brasileira. (Tese de Doutorado, Universidade Federal do Pará, Belém, PA, Brasil).

Published

2024-02-09

How to Cite

Araujo, M. L., Lima, A. A., Santos, T. da S., Fernandes, N. S., Tavares, P. A., da Silveira, I. L., & Palheta, F. B. (2024). Analytical characterization of the reality of municipal “dumps” in the Amazon of Pará. CONTRIBUCIONES A LAS CIENCIAS SOCIALES, 17(2), e2811. https://doi.org/10.55905/revconv.17n.2-058