Textos de divulgação científica: gêneros a serviço da prática social cidadã

Authors

  • Alisson dos Santos Oliveira
  • Karen Alves Andrade Moscardini Moscardini
  • Geovanna Emanuelly Almeida Rodrigues
  • Ailton Luiz Passador
  • Samiele Camargo de Oliveira Domingues
  • Tanieli de Souza Corbulin
  • Fernando Elias Roveda
  • Jennifer Rodrigues Gollo

DOI:

https://doi.org/10.55905/revconv.16n.10-310

Keywords:

gêneros textuais, democracia científica, gêneros de divulgação científica

Abstract

A divulgação científica chega às pessoas de diferentes formas, organizada verbalmente em gêneros textuais que possuem o papel de apresentar conteúdos advindos das diferentes fontes de pesquisa em ciências, nos diferentes formatos necessários para os diversos públicos-alvo. Assim, os diferentes gêneros passam a ser a principal forma de comunicação com a sociedade, consequentemente, o uso desse recurso linguístico requer conhecimento para que, nas diferentes esferas sociais, nas quais são divulgadas as informações, possam cumprir seu objetivo social. Este artigo apresenta uma ressignificação do conceito de gêneros textuais, aplicando-o na divulgação de ciências e em seu espaço discursivo.

References

ALBAGLI S. Divulgação científica: Informação científica para cidadania. Ciência da Informação, v. 25, n. 3, 11, 1996. Disponível em: <http://revista.ibict.br/ciinf/article/view/639/643>. Acesso em: 10

set. 2019

ANGOTTI, J. A . P.; AUTH, M. A. Ciência e tecnologia: implicações sociais e o papel da educação.

Ciência & Educação, v. 7, p. 15-27, 2001. Disponível em:

<https://www.scielo.br/pdf/ciedu/v7n1/02.pdf>. Acesso em: 11 set. 2019

BAKHTIN, MIKHAIL. Os gêneros do discurso. Bezerra, Paulo. Notas da edição russa: Seguei Botcharov. São Paulo: Editora 34, 2016. 164pp. Disponível em:<https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/2614478/mod_folder/content/0/Bakhtin%20-%20Os- Generos-do-Discurso.pdf?forcedownload=1>. Acesso em: 4 dez. 2019.

BARBOSA, J. P. Do professor suposto pelos PCNs ao professor real de Língua Portuguesa: são os PCNs praticáveis? In: ROJO, Roxane (Org.). A prática de linguagem na sala de aula: praticando os PCNs. São Paulo: EDUC, 2000. p. 149-182. Apud, Dolz, J. & B. Schneuwly (1996), Gêneros e progressão em expressão oral e escrita: elementos para reflexões sobre uma experiência suíça (francófona). Enjeux, 1996: 31-49. Tradução de R. H. R. Rojo.

BUENO, Wilson. Comunicação científica e divulgação científica: aproximações e rupturas conceituais. Informação & Informação, Londrina, v. 15, n. esp, p. 1-12, 2010. Disponível em:

<http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/informacao/article/view/6585>. Acesso em: 20. dez. 2019.

FERREIRA, Luciana Nobre de Abreu; QUEIROZ, Salete Linhares. Textos de divulgação científica no ensino de Ciêncis: uma revisão. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, Florianópolis, v. 5, n. 1, p. 3-31, maio 2012. ISSN 1982-5153. Disponível em:

<https://periodicos.ufsc.br/index.php/alexandria/article/view/37695>. Acesso em: 22 jan. 2020.

GRILLO, Sheila Vieira de Camargo. Divulgação científica: linguagens, esferas e gêneros. Bbiblioteca Digital Usp, Sao Paulo, p. 1-334, 26 mar. 2013. Universidade de Sao Paulo, Agencia USP de Gestao da Informacao Academica (AGUIA). Disponível em:<https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/livredocencia/8/tde-04112015-181038/pt-br.php>.

Acesso em: 20 dez. 2019.

MARCUSCHI, L. A. Gêneros textuais: definição e funcionalidade. In: DIONÍSIO, A. P; MACHADO,

A. R.; BEZERRA, M. A. (Orgs.) Gêneros Textuais e Ensino. Rio de Janeiro: Editora Lucerna, 2002. Disponível em:

<https://edisciplinas.usp.br/pluginfile.php/133018/mod_resource/content/3/Art_Marcuschi_G%C3%A Aneros_textuais_defini%C3%A7%C3%B5es_funcionalidade.pdf>. Acesso em: 4 dez. 2019.

NANTES, Eliza Adriana Sheuer; GREGÓRIO, Regina Maria. O gênero texto de divulgação cientifica: Uma proposta de trabalho. Simpósio Internacional de Estudos de Géneros Textuais, Santa Catarina, v. 4, p. 975-987, 15 ago. 2007. Disponível em:

<http://linguagem.unisul.br/paginas/ensino/pos/linguagem/eventos/cd/Port/48.pdf. Acesso em: 13 jan. 2019>.

OLIVEIRA, J. Ciência e divulgação científica: reflexões sobre o processo de produção e socialização do saber. Caligrama (São Paulo. Online), v. 3, n. 1, 27 abr. 2007, Apud MYERS, Greg (1990).

Writing biology: texts in the social constructionof scientific knowledge. London: University of Wisconsin Press. Disponível em: <http://www.revistas.usp.br/caligrama/article/view/64898>. Acesso em: 15 dez. 2019.

ROCHA, Marcelo. O potencial didático dos textos de divulgação científica segundo professores de ciências. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia. v. 5, n. 2, 2012. Disponível em:< https://periodicos.utfpr.edu.br/rbect/article/view/1263>. Acesso em: 17 jan. 2020.

VALÉRIO, M.; BAZZO, W. A. O papel da divulgação científica em nossa sociedade de risco: em prol de uma nova ordem de relações entre ciência, tecnologia e sociedade. Revista Ibero-americana de Ciência, Tecnologia, Sociedad e Innovación, n. 7, Set-Dez. 2006. Disponível em:

<http://revista.educacao.ws/revista/index.php/abenge/article/view/34>. Acesso em: 20. out. 2019

Downloads

Published

2023-10-30

How to Cite

Oliveira, A. dos S., Moscardini, K. A. A. M., Rodrigues, G. E. A., Passador, A. L., Domingues, S. C. de O., Corbulin, T. de S., Roveda, F. E., & Gollo, J. R. (2023). Textos de divulgação científica: gêneros a serviço da prática social cidadã. CONTRIBUCIONES A LAS CIENCIAS SOCIALES, 16(10), 23985–24005. https://doi.org/10.55905/revconv.16n.10-310

Issue

Section

Articles