A importância da ciência ABA na educação de crianças com Transtornos do Espectro Autista - TEA

Authors

  • Paula Meirelles Lopes da Silva
  • Miliana Pereira Augusta Sampaio

DOI:

https://doi.org/10.55905/revconv.16n.11-100

Keywords:

autismo, análise aplicada do comportamento, ciência, educação

Abstract

O objetivo dessa pesquisa é descrever a análise do comportamento aplicada (ABA) e suas contribuições para a educação de crianças com transtorno do espectro autista (TEA), para isso buscou-se conhecer a ABA; discutir a importância da ABA para o processo de ensino aprendizagem; analisar estratégias que contribuam para a educação de crianças no espectro autista. Nessa perspectiva, realizou-se uma pesquisa qualitativa de natureza básica, cujo objetivo é descrever e explicar o objeto estudado, para tanto caracteriza-se como uma pesquisa bibliográfica que fundamenta-se em artigos científicos e livros selecionados nas bases de dados: Scientific Electronic Library Online (SCIELO), Google Acadêmico e na plataforma da Biblioteca Virtual Online da Unitins. Por conseguinte, compreende-se que a intervenção ABA é uma forma de incluir e ressignificar a prática docente, visando a efetivação do ensino escolar diante das dificuldades de aprendizagem relacionadas aos transtornos do neurodesenvolvimento, como o TEA.

References

BEZERRA, Marcos Ferreira. A importância do método aba–reanálise do comportamento aplicada–no processo de aprendizagem de autistas. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento, v. 6, n. 10, p. 189-204, 2018. Disponível em: https://www.nucleodoconhecimento.com.br/wp-content/uploads/2018/10/aprendizagem-de-autistas.pdf. Acesso em: 28 set. 2023.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Departamento de Atenção Especializada e Temática. Linha de cuidado para a atenção às pessoas com transtornos do espectro do autismo e suas famílias na Rede de Atenção Psicossocial do Sistema Único de Saúde. Brasília: Ministério da Saúde, 2015. Disponível em: https://www.saude.pr.gov.br/sites/default/arquivos_restritos/files/documento/2020-04/linha_cuidado_atencao_pessoas_transtorno.pdf. Acesso em: 22 set. 2023.

BOSA, Cleonice. Autismo: atuais interpretações para antigas observações. Autismo e educação: reflexões e propostas de intervenção, v. 1, p. 21-39, 2002. Disponível em: https://peadinclusao.pbworks.com/f/palestracleonice.pdf. Acesso em: 17 set. 2023.

COOPER, John O.; HERON, Timothy E.; HEWARD, William L. Análise do comportamento aplicado. Edição Global. 3. ed. Reino Unido. 2020.

FERNANDES, Conceição Santos; TOMAZELLI, Jeane; GIRIANELLI, Vania Reis. Diagnóstico de autismo no século XXI: evolução dos domínios nas categorizações nosológicas. Psicologia USP, v. 31, 2020. Disponível em: https://www.scielo.br/j/pusp/a/4W4CXjDCTH7G7nGXVPk7ShK/?lang=pt. Acesso em: 22 set. 2023.

GERHARDT, Tatiana Engel; SILVEIRA, Denise Tolfo. Métodos de pesquisa. Plageder, 2009. Disponível em: https://books.google.com.br/books?hl=pt-BR&lr=&id=dRuzRyEIzmkC&oi=fnd&pg=PA9&dq=M%C3%A9todos+de+pesquisa&ots=93XcTYnsKD&sig=ndZ_2tZFerTQFjEpemxTaVoNHvU#v=onepage&q=M%C3%A9todos%20de%20pesquisa&f=false. Acesso em: 05 abr. 2023.

GODOY, Arilda Schmidt. Pesquisa qualitativa: tipos fundamentais. Revista de Administração de empresas, v. 35, p. 20-29, 1995. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rae/a/ZX4cTGrqYfVhr7LvVyDBgdb/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 06 abr. 2023.

JÚNIOR, Francisco Baptista Assumpção; KUCZYNSKI, Evelyn. Autismo infantil: novas tendências e perspectivas. 2. ed. São Paulo: Editora Atheneu, 2015.

MALAVAZZI, Dante Marino et al. Análise do comportamento aplicada: Interface entre ciência e prática? Perspectivas em análise do comportamento, v. 2, n. 2, p. 218-230, 2011. Disponível em: https://revistaperspectivas.emnuvens.com.br/perspectivas/article/view/71/61. Acesso em: 28 Set. 2023.

MARFINATI, Anahi Canguçu; ABRÃO, Jorge Luís Ferreira. Um percurso pela psiquiatria infantil: dos antecedentes históricos à origem do conceito de autismo. Estilos da clínica, v. 19, n. 2, p. 244-262, 2014. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/estic/article/view/83866. Acesso em: 17 set. 2023.

MAS, Natalie Andrade. Transtorno do espectro autista-história da construção de um diagnóstico. 2018. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/47/47133/tde-26102018-191739/pt-br.php. Acesso em: 17 set. 2023.

NETO, Marcus Bentes de Carvalho. Análise do comportamento: behaviorismo radical, análise experimental do comportamento e análise aplicada do comportamento. Interação em Psicologia, v. 6, n. 1, 2002. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/psicologia/article/view/3188%3B. Acesso em: 28 Set. 2023

NUNES, Ana Ignez Belém Lima; SILVEIRA, Rosemary do Nascimento. Psicologia da aprendizagem. História, v. 9, p. 3, 2015. Disponível em: https://linux.ime.usp.br/~braket/coolabor/mat0450/TG2/Livro_Psicologia%20da%20Aprendizagem.pdf. Acesso em: 28 set. 2023.

PINTO, Jorge. Psicologia da aprendizagem: concepções, teorias e processos. Instituto do Emprego e Formação Profissional, 2003. Disponível em: https://comum.rcaap.pt/bitstream/10400.26/6827/1/Psicologia%20da%20aprendizagem%20-%20concep%C3%A7%C3%B5es....pdf. Acesso em: 28 set. 2023.

SCHMIDT, Carlo (org.). Autismo, educação e transdisciplinaridade. 1. ed. Campinas: Papirus, 2014. E-book. Disponível em: https://plataforma.bvirtual.com.br. Acesso em: 28 set. 2023.

SELLA, Ana Carolina; RIBEIRO, Daniela Mendonça. Análise do comportamento aplicada ao transtorno do espectro autista. Appris Editora e Livraria Eireli-ME, 2018.

Published

2023-11-14

How to Cite

da Silva, P. M. L., & Sampaio, M. P. A. (2023). A importância da ciência ABA na educação de crianças com Transtornos do Espectro Autista - TEA. CONTRIBUCIONES A LAS CIENCIAS SOCIALES, 16(11), 26440–26454. https://doi.org/10.55905/revconv.16n.11-100