Care pathways: strategies to facilitate access and care for teenage mothers

Authors

  • Larayne Gallo Farias Oliveira
  • Lislaine Aparecida Fracolli
  • Alfredo Almeida Pina-Oliveira
  • Anna Luiza de Fátima Pinho Lins Gryschek
  • Débora Rodrigues Vaz
  • Talitha Zileno Pereira
  • Jerusa Costa dos Santos
  • Denise Maria Campos de Lima Castro
  • Fátima Madalena de Campos Lico
  • Laiza Gallo Farias

DOI:

https://doi.org/10.55905/revconv.17n.2-025

Keywords:

mães adolescentes, acesso efetivo aos serviços de saúde, atenção primária à saúde

Abstract

To explore strategies to facilitate access and care for teenage mothers, delving into solutions that aim to overcome the obstacles that permeate this crucial phase of life. This is an integrative literature review, carried out in December 2023 in the MEDLINE, Web of Science and SCOPUS databases, without limitations regarding language and date of publication. The descriptors indexed in DeCS and MeSH were used: “Adolescent Mothers”, “Effective Access to Health Services” and Primary Health Care combined using the Boolean operator “and”. The results obtained were exported to the Mendeley® software and, later, to the Rayyan® application. Six studies were eligible and the results were categorized into three categories: educational and awareness interventions, improving accessibility to health services and psychosocial support approaches. Effective strategies to promote access to and care appropriate to the needs of adolescent mothers may vary, but generally involve the implementation of comprehensive sexual and reproductive health programs, accessible education about prenatal and postnatal care, availability of specialized health services for adolescents, in addition to emotional and psychosocial support.

References

AMOD, Z.; HALANA, V.; SMITH, N. School-going teenage mothers in an under-resourced community: lived experiences and perceptions of support. Journal of Youth Studies, v. 22, n. 9, p. 1255-1271, 2019.

ANDRADE, B. A. de et al. Apoio social e resiliência: um olhar sobre a maternidade na adolescência. Acta Paulista de Enfermagem, v. 35, p. eAPE03341, 2022.

BAH, Y. M. Teenage pregnancy: teenage mothers’ experiences and perspectives: a qualitative study. Journal of Health, Medicine and Nursing, v. 29, n. 2, p. 118-136, 2016.

BARBASTEFANO, P. S.; GIRIANELLI, V. R.; VARGENS, O. M. da C. O acesso à assistência ao parto para parturientes adolescentes nas maternidades da rede SUS. Revista Gaúcha de Enfermagem, v. 31, p. 708-714, 2010.

BENNETT, S. E.; ASSEFI, N. P. School-based teenage pregnancy prevention programs: A systematic review of randomized controlled trials. Journal of Adolescent Health, v. 36, n. 1, p. 72-81, 2005.

BERLOFI, L. M. et al. Prevenção da reincidência de gravidez em adolescentes: efeitos de um Programa de Planejamento Familiar. Acta Paulista de Enfermagem, v. 19, p. 196-200, 2006.

CARVACHO, I. E. et al. Fatores associados ao acesso anterior à gestação a serviços de saúde por adolescentes gestantes. Revista de Saúde Pública, v. 42, p. 886-894, 2008.

CAVALCANTE, M. M. T.; PONTES, A. N.; SOARES, J. de O. Impactos da gravidez na saúde mental das adolescentes: Impacts of pregnancy on the mental health of adolescents. Brazilian Journal of Health Review, v. 5, n. 6, p. 23162-23171, 2022.

DURAN, T. A. S. et al. Adolescentes Resilientes¿ Es la Maternidad una Crisis?. Revista Ecuatoriana de Psicología, v. 5, n. 13, p. 178-196, 2022.

FELTRAN, E. C. et al. Percepções de mães adolescentes acerca das expectativas e experiências da maternidade na adolescência. Revista de APS, v. 25, n. 1, 2022.

FIGUEIREDO, M. L. de. Educação sexual e reprodutiva para adolescentes na atenção primária: Uma revisão narrativa. Ensaios e Ciência C Biológicas Agrárias e da Saúde, v. 24, n. 1, p. 82-87, 2020.

FRIZZO, G. B. et al. Maternidade adolescente: a matriz de apoio e o contexto de depressão pós-parto. Psicologia: Teoria e Pesquisa, v. 35, p. e3533, 2019.

GOES, E. F. et al. Desigualdades raciais nas tendências da maternidade adolescente e no acesso ao pré-natal no Brasil, 2008-2019. Research, Society and Development, v. 12, n. 1, p. e8312139404-e8312139404, 2023.

GRADIM, C. V. C.; FERREIRA, M. B. L.; MORAES, M. J. O perfil das grávidas adolescentes em uma unidade de saúde da família de Minas Gerais. Revista de APS, v. 13, n. 1, 2010.

HADLEY, A.. Teenage pregnancy: strategies for prevention. Obstetrics, Gynaecology & Reproductive Medicine, v. 30, n. 12, p. 387-394, 2020.

LEOPOLDO, A. G. S. et al. Intervenção na captação de gestantes: um relato de experiência. Bionorte, v. 11, n. S2, 2022.

LEVANDOWSKI, D. C et al. Apoio familiar e gestação na adolescência: um estudo qualitativo com adolescentes do Vale dos Sinos/BR. Revista Interamericana de Psicología/Interamerican Journal of Psychology, v. 46, n. 2, p. 297-305, 2012.

LIMA, S. R. R. de; GONÇALVES, J. P. Relações de gênero e gravidez na adolescência: vozes de mães e pais adolescentes de escolas públicas. Dialogia, n. 45, p. e23488-e23488, 2023.

LONG, H. A.; FRENCH, D.P.; BROOKS, J. M. Optimising the value of the critical appraisal skills programme (CASP) tool for quality appraisal in qualitative evidence synthesis. Research Methods in Medicine & Health Sciences, v. 1, n. 1, p. 31-42, 2020.

MARTINS, M. M. F. et al. Acesso aos serviços de atenção primária à saúde por adolescentes e jovens em um município do Estado da Bahia, Brasil. Cadernos de Saúde Pública, v. 35, p. e00044718, 2019.

MAZARO, M. A. et al. Efetividade de um programa de educação e promoção em saúde no período peri gestacional de um grupo de gestantes participantes de uma entidade filantrópica. Inspirar, v. 2, p. 151, 2010.

MENDES, K. D. S.; SILVEIRA, R. C. de C. P.; GALVÃO, C. M. Revisão integrativa: método de pesquisa para a incorporação de evidências na saúde e na enfermagem. Texto & contexto-enfermagem, v. 17, p. 758-764, 2008.

OLIVEIRA, L. G. F. et al. Acesso e uso equitativo dos serviços de saúde: um desafio para a promoção da universalização em saúde. Acesso à saúde: desafios, perspectivas, soluções e oportunidades na atenção primária à saúde. 1ª Edição, São Carlos: Pedro & João Editores, 2023.

OLIVEIRA, L. G. F. et al. Coordenação do cuidado: atributo fundamental para a otimização da Atenção Primária à Saúde. CONTRIBUCIONES A LAS CIENCIAS SOCIALES, [S. l.], v. 17, n. 1, p. 1890–1905, 2024.

OLIVEIRA, V. A. de et al. Relação entre indicadores de pré-natal do programa Previne Brasil e mortalidade fetal, infantil e materna por sífilis em Porto Velho–RO. REVISTA FOCO, v. 16, n. 9, p. e2907-e2907, 2023.

PAGE, M. J. et al. A declaração PRISMA 2020: diretriz atualizada para relatar revisões sistemáticas. Revista Panamericana de Salud Pública, v. 46, p. e112, 2023.

PAULA, K. da S. de; SANTOS, A. C. dos. As causas da não adesão de gestantes de baixo risco ao pré-natal na Atenção Primária à Saúde e suas repercussões. Revista JRG de Estudos Acadêmicos, v. 7, n. 14, p. e14677-e14677, 2024.

QUEIROZ, M. V. O. et al. Grupo de gestantes adolescentes: contribuições para o cuidado no pré-natal. Revista Gaúcha de Enfermagem, v. 37, 2017.

ROSANELI, C. F.; COSTA, N. B.; SUTILE, V. M. Proteção à vida e à saúde da gravidez na adolescência sob o olhar da Bioética. Physis: Revista de Saúde Coletiva, v. 30, 2020.

SANTOS, A. C. F. dos et al. Abordagem do enfermeiro na gravidez na adolescência. Brazilian Journal of Health Review, v. 3, n. 6, p. 17438-17456, 2020.

SANTOS, K. D. da S.; SOARES, J. de S.; PONTES, A. N. Indicadores do programa previne brasil relacionados ao pré-natal e mulheres com coleta de citopatológico na APS no município de matriz de Camaragibe no 1º e 2º qradrimestre de 2022. Brazilian Journal of Health Review, v. 6, n. 1, p. 72-84, 2023.

SCHWARTZ, T.; VIEIRA, R.; GEIB, L. T. C. Apoio social a gestantes adolescentes: desvelando percepções. Ciência & Saúde Coletiva, v. 16, n. 5, p. 2575-2585, 2011.

SOUZA, M. T. de; SILVA, M. D. da; CARVALHO, R. de. Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein (São Paulo), v. 8, p. 102-106, 2010.

URSI, E. S. Prevenção de lesões de pele no perioperatório: revisão integrativa da literatura [dissertação]. Ribeirão Preto, SP(BR): Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da USP; 2005.

VALLEJO, B. E. Estudio sociodemográfico sobre las causas del embarazo no planificado en adolescentes. Polo del Conocimiento, v. 9, n. 1, p. 576-595, 2024.

VIEIRA MARTINS, M. et al. Adolescent pregnancy: An important issue for paediatricians and primary care providers—A position paper from the European academy of paediatrics. Frontiers in Pediatrics, v. 11, p. 1119500, 2023.

VIEIRA, A. P. R. et al. Maternidade na adolescência e apoio familiar: implicações no cuidado materno à criança e autocuidado no puerpério. Ciência, Cuidado e Saúde, v. 12, n. 4, p. 679-687, 2013.

WOSNIAK, E. J. M. et al. Fatores associados à gravidez na adolescência, uma revisão integrativa. Research, Society and Development, v. 11, n. 13, p. e362111335402-e362111335402, 2022.

Published

2024-02-08

How to Cite

Oliveira, L. G. F., Fracolli, L. A., Pina-Oliveira, A. A., Gryschek, A. L. de F. P. L., Vaz, D. R., Pereira, T. Z., dos Santos, J. C., Castro, D. M. C. de L., Lico, F. M. de C., & Farias, L. G. (2024). Care pathways: strategies to facilitate access and care for teenage mothers. CONTRIBUCIONES A LAS CIENCIAS SOCIALES, 17(2), e4289. https://doi.org/10.55905/revconv.17n.2-025