Sustainable cities from the perspective of environmental compliance: the performance and control of public administration in the fight against urban corruption

Authors

  • Lohany Dutra Amorim
  • Magno Federici Gomes

DOI:

https://doi.org/10.55905/revconv.17n.2-065

Keywords:

sustainable cities, environmental compliance, public administration

Abstract

The objective of the article is to analyze sustainable cities from the perspective of environmental compliance. The problem consists of analyzing whether environmental compliance in a municipal public administration contributes to the development of sustainable cities. For this, the methodological procedures chosen were bibliographic and hypothetical-inductive methods. With this, the constitutional principles of Public Administration and their application in municipalities were analyzed. Furthermore, the five dimensions of sustainability and their importance in sustainable cities were understood, going through the definition of a Democratic Socio-Environmental State of Law. Finally, the application of environmental compliance for effective public management, which combats corruption in its various definitions and meets the demands for the development of a sustainable city.

References

ANDERSSON, Erik. Urban Landscapes and Sustainable Cities. Ecology and Society, v. 11, no. 1, p. 1-7. 2006. Disponível em: http://www.jstor.org/stable/26267821. Acesso em: 16 dez. 2023.

ASSIS, Sérgio Augusto Alves de. Norma anticorrupção e os programas de compliance no direito brasileiro. 2016. 93f. Dissertação (Mestrado em Direito – Empreendimentos Econômicos, Desenvolvimento e Mudança Social) - Universidade de Marília (UNIMAR), Marília. Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3848560. Acesso em: 23 ago. 2023.

BASTIANETTO, Lorena Machado Rogedo; GOMES, Magno Federici. Regulação ambiental da atividade minerária: uma análise econômica de compliance. Revista Brasileira de Políticas Públicas (Online), Brasília, v. 7, nº 1, p. 207-219, jan./abr. 2017. Disponível em: http://dx.doi.org/10.5102/rbpp.v7i1.4571. Acesso em: 23 ago. 2023.

BÖLTER, Serli Genz; DERANI, Cristiane. Direito ambiental e desenvolvimento sustentável: uma análise da judicialização das relações sociais. Revista Veredas do Direito, Belo Horizonte, v. 15, n. 33, p. 209-242, set./dez. 2018. Disponível em: http://dx.doi.org/10.18623/rvd.v15i33.1242. Acesso em: 23 set. 2023.

BRAGATO, Adelita Aparecida Podadera Bechelani. O compliance no Brasil: a empresa entre a ética e o lucro. 2017. 133 f. Dissertação (Mestrado em Direito) – Programa de Mestrado em Direito da Universidade Nove de Julho (UNINOVE), São Paulo. Disponível em: https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5001659. Acesso em: 29 ago. 2023.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm. Acesso em: 11 set. 2023.

BREL, Zani Andrade. Corrupção: dificuldades para definição e para um consenso. Revista de Administração Pública (RAP), Rio de Janeiro, v. 30, nº 1, p. 64-77, jan./fev. 1996. Disponível em: http://bibliotecadigital.fgv.br/ojs/index.php/rap/article/view/8128. Acesso em: 18 set. 2023.

CAMARGO, Francielle de O.; GUIMARÃES, Klicia M. S. O princípio da eficiência na gestão pública. Revista CEPPG - CESUC - Centro de Ensino Superior de Catalão, Ano XVI nº 28, p. 133-145, 1º Semestre/2013. Disponível em: http://www.portalcatalao.com/painel_clientes/cesuc/painel/arquivos/upload/downloads/376b38ef01c9b0caae5d67f8c6bf4d03.pdf. Acesso em: 11 set. 2023.

CARVALHO FILHO, José dos Santos. Manual de direito administrativo. Rio de Janeiro: Lumen Juris, 2009.

GOMES, Magno Federici; FERREIRA, Leandro José. A dimensão jurídico-política da sustentabilidade e o direito fundamental à razoável duração do procedimento. Revista do Direito, Santa Cruz do Sul, n. 52, v. 2, p. 93-111, maio/set. 2017. Disponível em: http://dx.doi.org/10.17058/rdunisc.v2i52.8864. Acesso em: 23 set. 2023.

GOMES, Magno Federici; FERREIRA, Leandro José. Políticas Públicas e os objetivos do desenvolvimento sustentável. Revista Direito e Desenvolvimento, João Pessoa, v. 9, nº 2, p. 155-178, ago./dez. 2018. Disponível em: https://doi.org/10.25246/direitoedesenvolvimento.v9i2.667. Acesso em: 08 set. 2023.

GOMES, Magno Federici; OLIVEIRA, Warley Ribeiro. A efetivação do compliance ambiental diante da motivação das certificações brasileiras. Revista de Direito da Faculdade Guanambi, v. 4, n. 1, p. 187-208, jan./jun. 2017. Disponível em: https://doi.org/10.29293/rdfg.v4i01.143. Acesso em: 29 set. 2023.

GOMES, Magno Federici; PIGHINI, Bráulio Chagas. Políticas públicas, corrupção, governança corporativa, investimento estrangeiro direto e sustentabilidade. Direito Público (RDU), Porto Alegre, n. 75, v. 13, p. 09-47, maio/jun. 2017. Disponível em: http://www.academia.edu/33658716/POL%C3%8DTICAS_P%C3%9ABLICAS_CORRUP%C3%87%C3%83O_GOVERNAN%C3%87A_CORPORATIVA_INVESTIMENTO_ESTRANGEIRO_DIRETO_E_SUSTENTABILIDADE_-_PUBLIC_POLICY_CORRUPTION_CORPORATE_GOVERNANCE_FOREIGN_DIRECT_INVESTMENT_AND_SUSTAINABILITY. Acesso em: 19 set. 2023.

GOMES, Magno Federici; SÁ, Viviane Kelly Silva. Compliance ambiental como método de efetivação da logística reversa. Revista de Direito da Cidade, Rio de Janeiro, vol. 12, nº 3, p. 502-520, jul./set. 2020. Disponível em: https://doi.org/10.12957/rdc.2020.46793. Acesso em: 08 out. 2023.

GOROSITO, Ricardo. Los principios del Derecho ambiental. Revista de Derecho, [S. l.], n. 16, p. 101-136, 2017. Disponível em: https://revistas.ucu.edu.uy/index.php/revistadederecho/article/view/1471 e 10.22235/rd.v2i16.1471. Acesso em: 08 out. 2023.

KALIL, Ana Paula Maciel Costa; FERREIRA, Heline Sivini. A Dimensão Socioambiental do Estado de Direito. Revista Veredas do Direito, Belo Horizonte, v. 14, n. 28, p. 329-359, jan./abr. 2017. Disponível em: http://revista.domhelder.edu.br/index.php/veredas/article/view/1010. Acesso em: 19 set. 2023.

LIMONAD, Ester. A insustentável natureza da sustentabilidade. Da ambientalização do planejamento às cidades sustentáveis. Cadernos Metrópole, v. 15, núm. 29, enero-junio, 2013, p. 123-142. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. São Paulo, Brasil. Disponível em: https://www.redalyc.org/articulo.oa?id=402837816006. Acesso em: 11 set. 2023.

MANZI, Vanessa Alessi. Compliance no Brasil. São Paulo: Saint Paul Editora,

MEIRELLES, Hely Lopes. Direito Administrativo Brasileiro. 35. ed. São Paulo: Malheiros, 2006.

MELGAR, Natalia; ROSSI, Máximo; SMITH, Tom W. The Perception of Corruption, International Journal of Public Opinion Research, v. 22, Issue 1, p. 120–131, Spring 2010,. Disponível em: https://doi.org/10.1093/ijpor/edp058. Acesso em: 11 set. 2023.

MELO, José Octávio de Castro. Moralidade administrativa: o controle popular dos atos de corrupção e improbidade administrativa por meio da ação popular. 2003. 146f. Dissertação (Mestrado em Filosofia e Teoria Geral do Direito) – Universidade Federal de Pernambuco, Recife, . Disponível em: https://repositorio.ufpe.br/bitstream/123456789/4338/1/arquivo5486_1.pdf. Acesso em: 03 nov. 2023.

MILANI, Rafael Antônio; VIEIRA, Rafael Stanziola. Necessidade da Participação Social na Elaboração de Leis que Tratem sobre Planejamento Urbano. Revista Eletrônica de Iniciação Científica, Itajaí, v. 4, n.4, p. 787-804, 4º Trimestre de 2013. Disponível em: www.univali.br/ricc. Acesso em: 03 nov. 2023.

MODESTO, Paulo. Notas para um debate sobre o princípio da eficiência. Revista do Serviço Público, ano 51, número 2, p. 105–120, abri.-jun. 2000. Disponível em: https://revista.enap.gov.br/index.php/RSP/article/view/328/334. Acesso em: 02 set. 2023.

MOURA, Soadre Caroline Rolin de. Corrupção urbanística: principal óbice à realização do direito fundamental à cidade sustentável. 2018. 190f. Dissertação (Mestrado em Ciência Jurídica) – Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí,. Disponível em: https://www.univali.br/Lists/TrabalhosMestrado/Attachments/2506/Disserta%C3%A7%C3%A3o%20-%20Soadre%20Caroline%20Rolim%20de%20Moura.pdf. Acesso em: 23 ago. 2023.

OLIVEIRA, Dinalva Souza. A corrupção como obstáculo para a realização do direito fundamental à cidade sustentável. 2019. 107f. Dissertação (Mestrado em Ciência Jurídica) – Universidade do Vale do Itajaí, Itajaí, 2019. Disponível em: https://www.univali.br/Lists/TrabalhosMestrado/Attachments/2611/DINALVA%20SOUZA%20DE%20OLIVEIRA.pdf. Acesso em: 23 ago. 2023.

SILVA HÉRNANDEZ, Francisca. Principio de prevención y precautorio en materia ambiental. Revista Jurídica Derecho, Der., La Paz , v. 8, n. 11, p. 92-106, dic. 2019 . Disponível em: http://www.scielo.org.bo/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S2413-28102019000200006&lng=es&nrm=iso. Acesso em: 11 out. 2023.

SILVA, José Afonso da. Curso de Direito Constitucional Positivo. 32. ed. São Paulo: Malheiros, 2009.

SOARES, Igor Jotha; GOMES, Magno Federici. O princípio da eficiência sustentável na Administração Pública. Revista de Direito e Sustentabilidade, v. 3, n. 1, p. 72-90, jan./jul. 2017. Disponível em: http://dx.doi.org/10.26668/IndexLawJournals/2525-9687/2017.v3i1.1992. Acesso em: 11 out. 2023.

ZULUAGA, Ricardo Gorosito. Los principios en el Derecho Ambiental. Rev. Derecho [online]. 2017, n.16, pp.101-136. ISSN 1510-3714. http://dx.doi.org/10.22235/rd.v2i16.1471. Acesso em: 11 out. 2023.

Published

2024-02-09

How to Cite

Amorim, L. D., & Gomes, M. F. (2024). Sustainable cities from the perspective of environmental compliance: the performance and control of public administration in the fight against urban corruption. CONTRIBUCIONES A LAS CIENCIAS SOCIALES, 17(2), e4291. https://doi.org/10.55905/revconv.17n.2-065