Urban governance in the Amazon in the age of the anthropocene: discussions on the master plan and the new urban agenda

Authors

  • Mayara Rayssa da Silva Rolim
  • Daniella Maria dos Santos Dias
  • Gabriel Napoleão Velloso Filho

DOI:

https://doi.org/10.55905/revconv.17n.2-005

Keywords:

anthropocene, master plan, Amazonia, new urban agenda, urban governance

Abstract

Over time, urbanization processes have undergone changes in their conceptions. Currently, the development model being promoted is based on the document called the New Urban Agenda, the result of the Habitat III Conference, which defines the importance of inclusive, safe, resilient and sustainable cities. The question is how to apply these precepts in realities as authentic as the Amazon? It's not easy to find this answer, but it is possible to discuss possibilities. The aim of this article is therefore to analyze the Master Plan instrument as a way of applying the precepts listed in the New Urban Agenda. The methodology applied is based on the deductive method with qualitative research, the source of data being documentary and bibliographical research. At the end of this work, it will be verified to what extent the urban planning instrument Master Plan can be efficient in applying the New Urban Agenda in the Amazon.

References

BALBIM, Renato (org.). Geopolítica das Cidades: velhos desafios, novos problemas. Brasília: IPEA, 2016. Disponível em:

<http://www.ipea.gov.br/portal/images/stories/PDFs/livros/livros/161005_a_geopolitica.PDF>. Acesso em: 28 mai. 2018.

BRAGA, Roberto. Plano Diretor Municipal: três questões para discussão. Caderno do Departamento de Planejamento, Presidente Prudente, v. 1, n. 1, p. 15-20, 1995.

BRASIL Constituição (1988). Constituição da República federativa do Brasil de 1988. Brasília, 05 out. 1988. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>.

Acesso em: 28 mai. 2018.

BRASIL. Lei Nº 10. 257 de 2001. Estatuto da Cidade. Disponível em:

<https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/LEIS_2001/L10257.htm>. Acesso em: 29 mai. 2018. CASTELLS, M. A questão urbana. São Paulo: Paz & Terra, 2006.

CASTELLS, M.; GODARD, F. Monopolville: analyse des rapports entre l'entreprise, l'État et l'urbain à partir d'une enquête sur la croissance industrielle et urbaine de la région de Dunkerque. Paris: La Haye, Mouton, 1974.

HARVEY, David. Cidades Rebeldes: do direito à cidade à revolução urbana. MartinsFontes, São Paulo, 2014.

HARVEY, David. Condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens da mudança cultural. 9. ed. São Paulo: Edições Loyola, 2000.

HARVEY, David. The new imperialism. New York: Oxford University Press, 2003.

HARVEY, David. O direito à cidade. New Left Review, p. 23-40, set. /out. 2008.

HARVEY, David. Espaços de esperança. São Paulo: Edições Loyola, 2015.

FÓRUM SOCIAL MUNDIAL. Carta mundial de direito à cidade. Disponível em: http://www.polis.org.br/uploads/709/709.pdf. Acesso em: 29 dez. 2018.

GAUTIER, Maryse. La Conférréncé HABITAT III ét lé Nouvéau programmé pour lés villés. Rapport - Ministère de l’environnement, de l’énergie et de la mer - ministère du logement et de l’habitat durable. França, 2018.

GOMES, M. de F. C. M.; SÁ, M. E. R. de; CRUZ, S. H. R. Planos diretores no Brasil: notas sobre Rio de Janeiro e Belém. In: COCCO, Giuseppe et al. Gestão local e políticas públicas na Amazônia. Rio de Janeiro: E-papers, 2007.

LEFEBVRE, Henri. O Direito à Cidade. Trad. Rubens Eduardo Farias, São Paulo: Centauro, 2001.

LENCIONI, Sandra. Observações sobre o conceito de cidade e urbano. Espaço e tempo, São Paulo, n. 24, p. 109-123, 2008.

ONU. Nova agenda urbana (HABITAT III). 2016. Disponível em: http://habitat3.org/wp- content/uploads/NUA-Portuguese-Angola.pdf. Acesso em: 5 jun. 2018.

ONU. Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (Agenda 2030). 2015. Disponível em: https://nacoesunidas.org/pos2015/agenda2030/. Acesso em: 5 jun. 2018.

PLAS, Philippe. Cidade como ator do desenvolvimento sustentável no momento do antropoceno. Revista do Núcleo de Meio Ambiente da UFPA. Vol. 1. No. 1. 2017.

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELÉM. Cartilha do Plano Diretor. Disponível em:

<http://www.belem.pa.gov.br/planodiretor/Cartilha/CartilhaWeb.pdf > Acesso em: 28 mai. 2018.

PREFEITURA MUNICIPAL DE BELÉM. Lei Nº 8.665 de 2010. Plano Diretor do Município de Belém. Disponível em: <http://belem.pa.gov.br/planodiretor/Plano_diretor_atual/Lei_N8655- 08_plano_diretor.pdf>. Acesso em: 29 mai. 2018.

ROOSEVELT, A. C. The Amazon and the Anthropocene: 13,000 years of human influence in a tropical rainforest. Disponível em: . Acesso em: 28 nov. 2018.

VIEIRA, I. C. G.; TOLEDO, P. M.; HIGUCHI, H. A Amazônia no antropoceno. Periodico Ciência e Cultura. Vol. 70. No. 1. São Paulo. 2018.

Published

2024-02-06

How to Cite

Rolim, M. R. da S., Dias, D. M. dos S., & Velloso Filho, G. N. (2024). Urban governance in the Amazon in the age of the anthropocene: discussions on the master plan and the new urban agenda. CONTRIBUCIONES A LAS CIENCIAS SOCIALES, 17(2), e4899. https://doi.org/10.55905/revconv.17n.2-005