Análise de série temporal de casos de notificação de dengue em Campina Grande, Brasil (2001-2022)

Authors

  • Maria Aliny Souza Silva
  • Fayrusse Correia de Medeiros
  • Patricia Herminio Cunha
  • Isabel Fontgalland

DOI:

https://doi.org/10.55905/revconv.17n.6-127

Keywords:

epidemiologia, dengue, tendência, sazonalidade

Abstract

A análise da situação da dengue em nível local desempenha um papel fundamental na compreensão das complexas dinâmicas epidemiológicas. O objetivo deste trabalho foi usar a análise estatística para identificar tendências anuais e mensais nas notificações de casos de dengue do município de Campina Grande.  Para isso foi utilizada a série histórica de 2001 a 2022 de casos de dengue notificados no município disponíveis na base de dados DATASUS. Foram empregados os testes não paramétricos de Mann-Kendall e Pettitt para verificar a existência de tendência, sazonalidade e mudanças abruptas na série temporal, por meio do software XLSTAT. A aplicação dos testes indicou que os casos de dengue mantem uma tendência sazonal ao longo do período de 1 ano, porém verifica-se uma tendência de diminuição dos casos de dengue ao longo dos anos em Campina Grande. Mesmo havendo essa diminuição na média de casos, a sazonalidade mensal continua sendo uma característica proeminente na incidência da dengue na região.

References

ANDRADE N.F., PRADO E.A.J., ALBARADO A.J., SOUSA M.F., MENDONÇA A.V.M. Análise das campanhas de prevenção às arboviroses dengue, zika e chikungunya do Ministério da Saúde na perspectiva da educação e comunicação em saúde. Saúde debate [Internet], v. 44, n. 126 (jul-set), p. 71-80, 2020. Disponível em: https://saudeemdebate.emnuvens.com.br/sed/article/view/3243. Acesso em: 25 abr. 2024.

ASCOM. Projeto cria Programa de Prevenção à Dengue. Câmara CG, 31 ago. 2013. Disponível em: https://antigo.paraiba.pb.gov.br/index-28473.html. Acesso em: 23 set. 2023.

BHATIA, S. et al. A Retrospective Study of Climate Change Affecting Dengue: Evidences, Challenges and Future Directions. Front Public Health, [S.l.], v. 10, p. 884645, 2022. Disponível em: https://doi.org/10.3389/fpubh.2022.884645. Acesso em: 22 jan. 2024.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Monitoramento dos casos de dengue, febre de chikungunya e febre pelo vírus Zika até a Semana Epidemiológica 52 Boletim Epidemiológico, v. 54, n.1, 2023. Disponível em: https://www.gov.br/saude/pt-br/centrais-de-conteudo/publicacoes/boletins/epidemiologicos. Acesso em: 25 set. 2023.

BRASIL. Ministério da Saúde. Secretaria de Vigilância em Saúde. Secretaria de Atenção à Saúde. Orientações integradas de vigilância e atenção à saúde no âmbito da Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional: procedimentos para o monitoramento das alterações no crescimento e desenvolvimento a partir da gestação até a primeira infância; relacionadas à infecção pelo vírus Zika e outras etiologias infeciosas dentro da capacidade operacional do SUS. Brasília: Ministério da Saúde, 2017. 158 p. Disponível em: https://bvsms.saude.gov.br/bvs/publicacoes/orientacoes_integradas_vigilancia_atencao_emergencia_saude_publica.pdf. Acesso em: 23 set. 2023.

CARDOSO, R.L. et al. Dengue no Brasil: uma revisão sistemática. Rev. Foco, [S.l.], v. 17, n. 3, p. e4640, 2024. Disponível em: https://ojs.focopublicacoes.com.br/foco/article/view/4640. Acesso em: 2 abr. 2024.

CLIMATE-DATA. Clima Campina Grande, 2023. Disponível em: https://pt.climate-data.org/. Acesso em: 23 set. 2023.

FERNANDES, A.C.G. et al. O uso do teste de Mann-Kendall para detecção de tendências de precipitação em uma região semiárida de Pernambuco. RSD [Internet], v. 11, n. 11, 2022. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/33925. Acesso em: 23 set. 2023.

FUNDAÇÃO OSWALDO CRUZ (FIOCRUZ). Ciência e tecnologia em saúde para a população brasileira [internet]. Rio de Janeiro: Fiocruz; 2023. Disponível em: https://portal.fiocruz.br/doenca/dengue. Acesso em: 22 jan. 2024.

GOVERNO DA PARAÍBA. Governo do Estado realiza campanha de combate ao Aedes em Campina Grande. Governo da Paraíba, 07 nov. 2016. Disponível em: https://antigo.paraiba.pb.gov.br/index-28473.html. Acesso em: 23 set. 2023.

GOVERNO DA PARAÍBA. Saúde promove ‘Dia D’ de combate ao Aedes em Campina Grande. Governo da Paraíba, 05 dez. 2019. Disponível em: https://paraiba.pb.gov.br/noticias/saude-promove-2018dia-d2019-de-combate-ao-aedes-em-campina-grande. Acesso em: 23 set. 2023.

KENDALL, M. G. Rank Correlation Measures. Ed. Charles Griffin. London, 1975.

MACEDO, M.J.H.; GUEDES, R.V.S.; SOUSA, F.A.Z. Monitoramento e intensidade das secas e chuvas na cidade de Campina Grande/PB. Revista Brasileira de Climatologia, v. 7, n. 8, 2011. Disponível em: https://revistas.ufpr.br/revistaabclima/article/view/25797. Acesso em: 23 set. 2023.

MANN, H. B. Nonparametric tests against trend. Econometrica: Journal of the econometric society. 1945; 245-259.

MEDEIROS, H. I. R. et al. Perfil epidemiológico notificados dos casos de dengue no Estado da Paraíba no período de 2017 a 2019. Braz. J. of Develop., v. 6, n. 8, p. 57536–57547, 2024. Disponível em: https://ojs.brazilianjournals.com.br/ojs/index.php/BRJD/article/view/14879/12301. Acesso em: 25 set. 2023.

MELO, G. B. T. et al. Financiamento de pesquisas sobre dengue no Brasil, 2004-2020. Saúde debate, [S.l.], v. 47, n. 138 (jul-set.), p. 601-15, 2023. Disponível em: https://saudeemdebate.emnuvens.com.br/sed/article/view/8089. Acesso em: 25 abr. 2024.

OLIVEIRA-JÚNIOR, J. F. et al. Non-parametric tests and multivariate analysis applied to reported dengue cases in Brazil. Environ Monit Assess, v. 19, n. 473, 2019. Disponível em: https://doi.org/10.1007/s10661-019-7583-0. Acesso em: 24 set. 2023.

PETTITT, A. N. Uma Abordagem Não Paramétrica para o Problema de Mudança de Ponto. J R Stat Soc Series C, v. 28, p. 126-135, 1979. Disponível em: https://doi.org/10.2307/2346729. Acesso em: 23 set. 2023.

PINTANEL, S. R.; CECCONELLO, S. T.; CENTENO, L. N. Análise da correlação entre os indicadores de saneamento básico e as doenças de veiculação hídrica em municípios do sul do Rio Grande do Sul. Revista Ambientale, [S.l.], v. 13, n. 2, p. 41–52, 2021. Disponível em: https://periodicosuneal.emnuvens.com.br/ambientale/article/view/292. Acesso em: 26 set. 2023.

SILVA, E.T.C. da et al. Análise espacial da distribuição dos casos de dengue e sua relação com fatores socioambientais no estado da Paraíba, Brasil, 2007-2016. Saúde Debate, [S.l.], v. 44, n. 125, p. 465–477, 2020. Disponível em: https://www.scielosp.org/article/sdeb/2020.v44n125/465-477/. Acesso em: 23 set. 2023.

SILVA, S.D et al. Dynamics of notified cases of dengue in Alagoas: Geospatialization and Applied Statistics. RSD, v. 10, n. 15, 2021. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/22990. Acesso em: 23 set. 2023.

TELLE, O. et al. Social and environmental risk factors for dengue in Delhi city: A retrospective study. PLoS Negl Trop Dis, v. 15, n. 2, p. e0009024, 2021. Disponível em: https://doi.org/10.1371/journal.pntd.0009024. Acesso em: 22 jan. 2024.

ULIANA, M. E.; MAGOSSO, F. B. Análise de série temporal dos focos ativos de queimadas do Estado de Mato Grosso, Brasil. Revistafoz [Internet], v. 4, n. 1, 2022. Disponível em: https://revista.ivc.br/index.php/revistafoz/article/view/208. Acesso em: 23 set. 2023.

World Health Organization. Dengue and severe dengue. WHO, 2024. Disponível em: https://www.who.int/news-room/fact-sheets/detail/dengue-and-severe-dengue. Acesso em: 17 mar. 2024.

Published

2024-06-11

How to Cite

Silva, M. A. S., Medeiros, F. C. de, Cunha, P. H., & Fontgalland, I. (2024). Análise de série temporal de casos de notificação de dengue em Campina Grande, Brasil (2001-2022). CONTRIBUCIONES A LAS CIENCIAS SOCIALES, 17(6), e6845 . https://doi.org/10.55905/revconv.17n.6-127

Issue

Section

Articles