Análise temporal dos focos de calor em floresta da Amazônia Sul-Ocidental: influências do contexto sociopolítico regional e do ciclo do El Niño

Authors

  • Rafael Barbosa Diógenes Lienard
  • Annanda Souza de Campos
  • Rodrigo Rummenige Ribeiro de Araújo
  • Symone Maria de Melo Figueiredo

DOI:

https://doi.org/10.55905/revconv.17n.6-103

Keywords:

Amazônia, focos de calor, densidade de Kernel, análise temporal

Abstract

O objetivo do estudo foi avaliar a influência de secas severas e do contexto sociopolítico na conservação da Floresta Estadual do Antimary, localizada no Estado do Acre, a partir da análise espaço temporal da densidade dos focos de calor. Para analisar o padrão de comportamento da distribuição dos focos de calor, foram utilizados dados disponibilizados pelo INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), sendo aplicado a função de densidade de Kernel e o agrupamento em classes a partir do método da quebra natural. Foi verificado que historicamente a grande pressão de focos de calor que afetam a floresta vem da porção oeste e noroeste. No período avaliado ocorreu um aumento de 151% na área ocupada pela classe de densidade de focos de calor “Muito Alta, e, uma redução de 21% no somatório da área das classes “Ausência de Focos”, “Muito Baixa” e “Baixa”. É verificada uma tendência de estabilização no número de focos de calor da Amazônia brasileira após a última seca severa em 2015, o oposto ocorreu na FES Antimary, indicando a influência da sequência de eventos sociopolíticos observados entre os anos de 2018 e 2023 na incidência de focos de calor da região.

References

ACRE. Plano de manejo da Floresta Estadual do Antimary: Diagnóstico Socioeconômico e Ambiental. Vol. 1. Secretaria de Desenvolvimento Florestal, da Indústria, do Comércio e dos Serviços Sustentáveis – SEDENS, 2012. 93 p.

ALVARES, C. A. et al. Köppen’s climate classification map for Brazil. Meteorologische Zeitschrift, v. 22, n. 6, p. 711-728, 2013.

ANDERSON, L. O.; RIBEIRO NETO, G.; CUNHA, A. P.; FONSECA, M. G.; MOURA, Y. M. de.; DALAGNOL, R.; WAGNER, F. H.; ARAGÃO, L. E. O. C. 2018 Vulnerability of Amazonian forests to repeated droughts. Phil. Trans. R. Soc. B, v. 373, 2018.

ARAGÃO, L. E. O. C.; SILVA JUNIOR, CELSO, H. L.; ANDERSON, L. O. O desafio do Brasil para conter o desmatamento e as queimadas na Amazônia durante a pandemia por COVID-19 em 2020: implicações ambientais, sociais e sua governança. São José dos Campos, 2020. 34p.

ARAUJO, L. O.; CUNHA NETO, E. M. da.; MELO, M. R. da S. SANTOS, N. de F. A. dos.; BORGES, L. da S. Ação antrópica na incidência dos focos de calor na Microrregião de Paragominas, Estado do Pará, Norte do Brasil. Revista Brasileira de Gestão Ambiental e Sustentabilidade, v. 7, n. 17, p. 1153-1164, 2020.

AVILA, M. M.; WADT, P. G. S. Avaliação do impacto ambiental em assentamentos rurais do Estado do Acre, na Amazônia Brasileira. Revista Eletrônica de Biologia, v. 8, n. 1, p. 54-77, 2015.

COSTA, M. do C. de L.; BARROS, A. V.; SILVA, A. P. da.; LACERDA, R. F. COVID-19 and environmental changes: the impact of the pandemic in the Amazon context. Research, Society and Development, v. 11, n. 13, 2022.

DALL’IGNA, F.; MANIESI, V. Spatial and temporary dynamics of heat spots in the amazon ecological corridor conservation unit: the case of intense anthropic pressure in the National Forest of Jamari/RO. Research, Society and Development, v. 11, n. 6, 2022.

DORES, D.; GLENN, C. R.; TORRI, G.; WHITTIER, R. B.; POPP, B. N. Implications for groundwater recharge from stable isotopic composition of precipitation in Hawai'i during the 2017–2018 La Niña. Hydrological Processes, v. 34, n. 24, p. 4675-4696, 2020.

FERIGATO, E.; ROSINI, A. M.; CONCEIÇÃO, M. M.; CONCEIÇÃO, J. T. P. Desmatamento da Amazônia brasileira. Revista Metropolitana de Sustentabilidade, São Paulo, v. 11, n. 1, p. 193–197, 2021.

INPE. Condições atuais do ENOS: caracterização do El-Niño. Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos – CPTEC, 2023. Disponível em: <http://enos.cptec.inpe.br/>. Acesso em: dezembro de 2023.

JENKS, G. F. The Data Model Concept in Statistical Mapping. International Yearbook of Cartography, v. 7, p. 186-190, 1967.

LOBO, C.; CARDOSO, L.; ALMEIDA, I. L.; GARCIA, R. A. Mobilidade pendular e a integração metropolitana: uma proposta metodológica para os municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte/MG – 2010. R. bras. Est. Pop., Belo Horizonte, v. 34, n. 2, p. 321-339, 2017.

MARTINEZ-FERNÁNDEZ, J.; CHUVIECO, E.; KOUTSIAS, N. Modelling long-term fire occurrence factors in Spain by accounting for local variations with geographically weighted regression. Natural Hazards and Earth System Sciences, v. 13, n. 2, p. 311-327, 2013.

MELLO, A. H.; FEITOSA, N. K. Dinâmicas da ocupação territorial na Amazônia: Reflexões sobre os impactos socioambientais pós-pandemia decorrentes do avanço do desmatamento. Unifesspa: Painel Reflexão em tempos de crise, Marabá, 2020, 11 p.

ROCHA, L. C. S.; RAUBER, A. L. Amazônia legal brasileira: a incidência de focos de calor entre os anos de 2001 e 2020 e a correlação com o desmatamento de corte raso. Revista Equador, v. 12, n. 1, p. 199-226, 2023.

ROSENBLATT, M. Remarks on some nonparametric estimates of a density function. Annals of Mathematical Statistics, v. 27, p. 832˗837, 1956.

SANTOS, S. R. Q., SILVA, R. B. C., BARRETO, P. N., NUNES, H. G. G. C., RODRIGUES, R. S. CAMPOS, T. L. O. B. Regime térmico e hídrico do solo para área de floresta tropical em anos de El niño e La niña, Caxiuanã-PA: estudo de caso. Revista Brasileira de Meteorologia, v. 26, n. 3, p. 367-374, 2011.

SHI, L.; DING, R.; HU, S.; LI, X.; LI, J. Extratropical impacts on the 2020–2023 Triple-Dip La Niña event. Atmospheric Research, v. 294, 106937, 2023.

SILVA JUNIOR, P. A. T. da.; PARISE, F. J. de O. Análise dos focos de calor na Floresta Estadual do Amapá entre os anos de 2012 e 2021. Revista Arquivos Científicos (IMMES), v. 6, n. 1, p. 1-6, 2023.

SILVA, C. V. de. J.; LATORRE, N. S.; SILVA, R. D. A. da.; BROWN, I. F.; ARAGÃO, L. E. O. C. Alterações nos padrões espectrais e da paisagem devido ao impacto do fogo nas florestas dominadas por Bambu no Estado do Acre. Anais XVII Simpósio Brasileiro de Sensoriamento Remoto – SBSR, João Pessoa, 2015.

SILVA, M. G. da.; FURTADO, G. do N. Spatial analysis of hotspots in the municipality of São Félix do Xingu, State of Pará, Brazil. Research, Society and Development, v. 9, n. 11, 2020.

TEIXEIRA, P.; MATTA, M. Detecção e análise da distribuição de focos de calor no município de Ipixuna do Pará – PA, nordeste paraense. Enciclopedia biosfera, v. 17, n. 34, 2020.

TORRES, F. T. P., LIMA, G. S., COSTA, A. G., FÉLIX, G. A., SILVA JÚNIOR, M. R. Perfil dos incêndios florestais em unidades de conservação brasileiras no período de 2008 a 2012. Floresta, v. 46 n. 4, p. 531-542, 2016.

VASCONCELOS, B. R. de. Espacialização dos focos de calor no estado do Amazonas, Amazônia brasileira. GeoTextos, v. 17, n. 1, 2021.

VIANA, J. dos. S.; GOMES, A. M. N.; MENEZES, R. H. N. de.; PALARETTI, L. F. Efeito de temperaturas térmicas no número de gerações de cochonilhas para o ano de El Niño no Maranhão. Boletim Informativo da Superintendência de Gestão Ambiental – UEMA, v. 4, n. 1, p. 31-34, 2021.

Published

2024-06-11

How to Cite

Lienard, R. B. D., Campos, A. S. de, Araújo, R. R. R. de, & Figueiredo, S. M. de M. (2024). Análise temporal dos focos de calor em floresta da Amazônia Sul-Ocidental: influências do contexto sociopolítico regional e do ciclo do El Niño . CONTRIBUCIONES A LAS CIENCIAS SOCIALES, 17(6), e6859 . https://doi.org/10.55905/revconv.17n.6-103

Issue

Section

Articles