Rastreamento do Câncer de Mama na atenção primária à saúde no Brasil: uma revisão de literatura

Authors

  • Matheus Borges Soares de Araujo
  • Sávio Teixeira Silva
  • Jônatas Santos Tomé
  • Jônatas da Cruz Lopes da Rosa
  • Ananda Cordeiro Vieira
  • Mariana Guimarães Mello Tinti
  • Tiago Araújo Monteiro
  • André Jardim Viegas Peixoto
  • Larissa Abussafi Miranda
  • Fernanda de Siqueira Lece Aragão
  • Raphael Berenger Crespo
  • Theo Rezende Camargo
  • Amanda Florentino do Nascimento
  • Anderson Arrhenius de Fontes Queiroz Abrantes
  • Amanda Balduino de Andrade

DOI:

https://doi.org/10.55905/revconv.17n.6-082

Keywords:

rastreamento do Câncer de Mama, atenção primária à saúde, saúde pública, câncer de mama

Abstract

Introdução: O câncer de mama é uma grande preocupação de saúde pública no Brasil, com taxas crescentes de incidência e mortalidade. Apesar da eficácia comprovada do rastreamento mamográfico, sua implementação enfrenta desafios como baixa cobertura, disparidades regionais e diagnóstico tardio. A Atenção Primária à Saúde, especialmente por meio da Estratégia de Saúde da Família, pode ser uma solução promissora para melhorar o acesso aos serviços de saúde e oferecer cuidados abrangentes para mulheres com câncer de mama. Objetivo: Avaliar a eficácia do programa de rastreamento de câncer de mama na APS no Brasil, com foco no diagnóstico precoce e na redução da mortalidade pela doença. Metodologia: Duas bases de dados incluindo BVS e Scielo foram utilizadas nesta revisão sistemática para a extração de artigos originais que alcancem o objetivo do tema. Resultados e discussão: 11 artigos foram considerados neste estudo, compondo 2 revisões sistemáticas, 1 revisão integrativa de literatura, 2 estudos transversais, 1 estudo observacional, 1 revisão narrativa, e 4 estudos diagnósticos. O rastreamento de câncer de mama na APS no Brasil é crucial para diagnósticos precoces. Estudos mostram limitações no conhecimento de enfermeiros e disparidades na assistência, apesar do aumento na cobertura da Estratégia Saúde da Família. Desafios como falta de recursos e colaboração entre setores afetam a implementação do rastreamento mamográfico. Investimentos em educação continuada e políticas públicas são essenciais para melhorar o programa e garantir acesso equitativo ao cuidado. Conclusão: Após revisar os estudos sobre o programa de rastreamento de câncer de mama na APS no Brasil, torna-se evidente a necessidade de aprimoramentos. Investimentos em capacitação profissional, políticas públicas eficazes e parcerias entre setores podem impulsionar a detecção precoce e reduzir a mortalidade pela doença, beneficiando a saúde das mulheres em todo o país.

References

BRASIL. Ministério da Saúde; Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein, Nota técnica para organização da rede de atenção à saúde com foco na atenção primária à saúde e na atenção ambulatorial especializada: saúde da mulher no rastreamento, diagnóstico e acompanhamento do câncer de mama. São Paulo; Ministério da Saúde; 2020. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-1223376. Acesso: 7 abr. 2024.

CASTRO, C. P. de, SALA, D. C. P., ROSA, T. E. da C., e TANAKA, O. Y. Atenção ao câncer de mama a partir da suspeita na atenção primária à saúde nos municípios de São Paulo e Campinas, Brasil. Ciência & Saúde Coletiva, v. 27, n. 2, p., 459-470, 2022. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-1356064. Acesso: 8 abr. 2024.

FERREIRA, D. S.; BERNARDO, F. M. S.; COSTA, E. C.; MACIEL, N. S.; COSTA, R. L.; e CARVALHO, C. M. L., Conhecimento, atitude e prática de enfermeiros na detecção do câncer de mama. Esc. Anna Nery Rev. Enferm, v. 24, n. 2, e20190054, 2020. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-1056145. Acesso: 10 abr. 2024.

LOYOLA, E. A. C.; GOLDMAN, R. E.; FIGUEIREDO, E. N.; TINTORI, J. A., ALMEIDA, A. M.; e PANOBIANCO, M. S., Vigilância do câncer de mama: práticas identificadas pelos gerentes na Atenção Primária. Acta Paul. Enferm. (Online), v. 35, eAPE01096, 2022. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-1393725. Acesso: 10 abr. 2024..

MARQUES, C. A. V.; FIGUEIREDO, E. N.; e GUTIÉRREZ, M. G. R., Validação de instrumento para identificar ações de rastreamento e detecção de neoplasia de mama. Acta Paul Enferm, v. 28, n. 2, 2015. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ape/a/JbXsPdnzPTqv9X8f3t7KYJD/?lang=pt. Acesso: 10 abr. 2024.

MIGOWSKI, A.; DIAS, M. B. K.; NADANOVSKY, P.; SILVA, G. A.; SANT’ANA, D. R.; e STEIN, A. T., Diretrizes para detecção precoce do câncer de mama no Brasil. III - Desafios à implementação. Cad. Saúde Pública, v. 34, n. 6, 2018. Disponível em: https://www.scielo.br/j/csp/a/gPdZbvNJpgL5ySJ4YZTVkrd/?lang=pt#. Acesso: 10 abr. 2024.

OHL, I. C. B.; OHL, R. I. B.; CHAVAGLIA, S. R. R.; e GOLDMAN, R. E., Ações públicas para o controle do câncer de mama no Brasil: revisão integrativa. Rev. Bras. Enferm, v. 69, n. 4, 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/reben/a/6TL9tKq7vNXvkQRMsWrnyNv/?lang=pt#. Acesso: 7 abr. 2024.

SALA,, D. C. P.; OKUNO, M. F. R.; TAMINATO, M.; CASTRO, C. P.; LOUVISON, M. C. P.; e TANAKA, O. Y, Breast cancer screening in Primary Health Care in Brazil: a systematic review. Rev Bras Enferm, v. 74, n. 3, e20200995, 2021. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/mdl-34259730. Acesso: 7 abr. 2024.

SALA, D. C. P., Rastreamento mamográfico no Brasil: determinantes à implementação no Sistema Único de Saúde e contribuições da Atenção Primária à Saúde. São Paulo, s.n; 2021. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-1283635. Acesso: 10 abr. 2024.

SILVA, R. P; GIGANTE, D. P.; AMORIM, M. H. C.; LEITE, F. M. C., Factors associated with having mammography examinations in primary health care users in Vitória, Espírito Santo, Brazil. Epidemiol Serv Saude, v. 28, n. 1, e2018048, 2019. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/mdl-30916239. Acesso: 9 abr. 2024.

ZEFERINO, F. R. G., A Estratégia de Saúde da Família no Estado do Rio de Janeiro e o rastreamento do câncer de mama. Rio de Janeiro, s.n; 2020. Disponível em: https://pesquisa.bvsalud.org/portal/resource/pt/biblio-1367850. Acesso: 8 abr. 2024.

Published

2024-06-10

How to Cite

Araujo, M. B. S. de, Silva, S. T., Tomé, J. S., Rosa, J. da C. L. da, Vieira, A. C., Tinti, M. G. M., Monteiro, T. A., Peixoto, A. J. V., Miranda, L. A., Aragão, F. de S. L., Crespo, R. B., Camargo, T. R., Nascimento, A. F. do, Abrantes, A. A. de F. Q., & Andrade, A. B. de. (2024). Rastreamento do Câncer de Mama na atenção primária à saúde no Brasil: uma revisão de literatura . CONTRIBUCIONES A LAS CIENCIAS SOCIALES, 17(6), e7361. https://doi.org/10.55905/revconv.17n.6-082

Issue

Section

Articles