Avaliação ambiental do ciclo de vida de vedação vertical com blocos de concreto

Authors

  • Marianne Di Domênico
  • Lauro André Ribeiro
  • Thaísa Leal da Silva

DOI:

https://doi.org/10.55905/revconv.17n.6-093

Keywords:

avaliação do ciclo de vida, vedação vertical, alvenaria, blocos de concreto

Abstract

O segmento da construção civil está em um constante processo de evolução, exigindo a implementação de uma variedade de processos para a transformação de matérias-primas e a fabricação dos produtos empregados na construção. Como resultado, este setor exerce uma significativa influência nos impactos ambientais sobre o meio ambiente. Este artigo tem como propósito identificar e quantificar os impactos associados a um sistema de alvenaria utilizando blocos de concreto, por meio da técnica de Avaliação do Ciclo de Vida (ACV), visando destacar os componentes que mais contribuem para tais impactos ambientais. A metodologia adotada para a aplicação da ACV baseou-se nas diretrizes estabelecidas pelas normas NBR ISO 14040 e NBR ISO 14044. Utilizou-se dados de inventário provenientes do banco de dados Ecoinvent 3.6, adaptados à realidade brasileira, e a avaliação de impacto foi conduzida utilizando o software OpenLCA 1.9, empregando o método de impacto EN 15804:2012 com baseline CML. Os resultados revelaram que, quando analisados de forma unitária, os maiores impactos estão associados ao consumo de cimento utilizado na argamassa de assentamento e revestimento. Ao considerar a construção de 1m² de alvenaria, constatou-se que os blocos de concreto representam os principais contribuintes para tais impactos.

References

AGOPYAN, V.; JONH, V. M. O Desafio da Sustentabilidade na Construção Civil. Série Sustentabilidade, Vol. 5. São Paulo: Ed. Blucher. 2011.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR ISO 14040: Gestão Ambiental – Avaliação do Ciclo de Vida – Princípios e estrutura. Rio de Janeiro, 2009.

______. NBR ISO 14044: Gestão Ambiental – Avaliação do Ciclo de Vida – Requisitos e orientações. Rio de Janeiro, 2009.

CALDAS, L. R.; LIRA, J. S. de M. M.; MELO, P. C. de; SPOSTO, R. M. Inventário de emissões de carbono no ciclo de vida de habitações de alvenaria e light steel framing em Brasília: propostas de diretrizes de projeto para habitações de interesse social de baixo carbono. Ambiente Construído, Porto Alegre, v. 17, n. 3, p. 71-85, 2017.

CCAC - Climate & Clean Air Coalition. Tropospheric ozone. 2020. Disponível em: <http://ccacoalition.org>. Acesso em: 27 mai 2020.

CEN - EUROPEAN COMMITTEE FOR STANDARDIZATION. EN 15.804:2012- Sustainabilityofconstructionworks - Environmental productdeclarations - Core rules for theproductcategoryofconstructionproducts. Luxemburg: Publications Office oftheEuropean Union, 2012.

ECOINVENT. Glossary of Ecoinvent Terminology. 2020, Disponível em: . Acesso em: 20 mai. 2020.

IBICT. INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA. O que é Avaliação do Ciclo de Vida. Brasília, 2015

IBICT. INSTITUTO BRASILEIRO DE INFORMAÇÃO EM CIÊNCIA E TECNOLOGIA. Manual do Sistema ILCD. Sistema Internacional de Referência de Dados do Ciclo de Vida de Processos e Produtos. Brasília, 2014.

ILCD - INSTITUTE FOR ENVIRONMENT AND SUSTAINABILITY - EUROPEAN COMMISSION JOINT RESEARCH CENTRE. International Reference Life Cycle Data System (ILCD)

MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE. Política Nacional sobre Mudança do Clima. Disponível em: <https://www.mma.gov.br/clima/politica-nacional-sobre-mudanca-do-clima.html>. Acesso em: 19 out 2019.

MORAGA, G. L. Avaliação do ciclo de vida e simulação termo energética em unidade habitacional unifamiliar do Programa Minha Casa Minha Vida. 2017. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil) – Programa de Pós Graduação em Engenharia Civil, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2017.

OLIVEIRA, L. S; PACCA, S. A; JOHN, V. M. Variability in the life cycle of concrete block CO2 emissions and cumulative energy demand in the Brazilian Market. Construction And Building Materials, v. 114, p. 588-594, 2016.

OPENLCA. Disponível em: <http://www.openlca.org>. Acesso em: 10 mai 2020.

SILVA, G. A et al. Avaliação do ciclo de vida: ontologia terminológica. Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia - Ibict, Brasília: 2015.

SOUZA, D.M; LAFONTAINE, M; CHARRON-DOUCET, F; CHAPPERT, B; KICAK, K; DUARTE, F; LIMA, L. Comparative life cycle assessment of ceramic brick, concrete brick and cast-in-place reinforced concrete exterior walls. Journal Of Cleaner Production, v. 137, p. 70-82, 2016.

SPOSTO, R. M; PAULSEN, J. S. Energia Incorporada em Habitações de Interesse Social na fase de pré-uso: O caso do programa minha casa minha vida no Brasil. Oculum Ensaios. Revista de Arquitetura e Urbanismo, Campinas, v.11, n.2, p. 39-50, 2014.

United Nations Environment Programme (UNEP). 2022 Global Status Report for Buildings and Construction: Towards a Zero‑emission, Efficient and Resilient Buildings and Construction Sector.

WBCS. World Business Council for Sustainable Development. Disponível em: <https://www.wbcsd.org/>. Acesso em: 10 mai 2020.

Published

2024-06-10

How to Cite

Domênico, M. D., Ribeiro, L. A., & Silva, T. L. da. (2024). Avaliação ambiental do ciclo de vida de vedação vertical com blocos de concreto. CONTRIBUCIONES A LAS CIENCIAS SOCIALES, 17(6), e7373. https://doi.org/10.55905/revconv.17n.6-093

Issue

Section

Articles