O espaço de construção das cidadanias nas escolas campesinas: as marcas do colonialismo digital presentes nas políticas públicas de inclusão digital

Authors

  • José Severino da Silva
  • Thelma Panerai Alves

DOI:

https://doi.org/10.55905/revconv.17n.6-095

Keywords:

cidadanias, escolas campesinas, colonialismo digital, inclusão digital

Abstract

O desenvolvimento das tecnologias e a presença das tecnologias digitais nos espaços educacionais têm ampliado os debates acerca dos projetos de formação dos sujeitos no campo da educação. Os desafios se intensificam com a presença das tecnologias digitais nas escolas do campo, devido às particularidades territoriais ali presentes, dos contextos culturais em que se encontram inseridas e, sobretudo, do direito e da garantia à cidadania e à construção de uma cidadania digital, enquanto ação de promoção da visibilidade desses territórios, que se encontram vinculados aos paradigmas da invisibilização, da marginalização e do espaço-tempo do atraso. Desse modo, o presente estudo representa o recorte de uma pesquisa que teve por objetivo analisar as inter-relações entre as políticas públicas de inclusão digital e o uso das tecnologias digitais nas escolas do campo voltadas para a construção de cidadanias, nesses territórios. O estudo foi desenvolvido junto a 30 escolas do campo que participavam de projetos de inclusão digital, na cidade de Vitória de Santo Antão, no período entre 2020 e 2024. O estudo evidenciou que as políticas de inclusão digital propostas para as escolas do campo ocorrem de forma descontextualizada das territorialidades na qual as escolas se encontram inseridas, sendo orientadas por uma ideologia capitalista, que deixam de fora as ações propositivas de garantia da cidadania e da construção das cidadanias digitais, acarretando o desenvolvimento de um modelo colonialista digital de dominação, no espaço epistêmico campesino.

References

BRASIL, Lei nº 14.533, de 11 de janeiro de 2023. Política Nacional da Educação Digital. Disponível em: https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2023-2026/2023/Lei/L14533.htm. Acesso em 03 de junho de 2024.

BELUSSO, Andreia; PONTAROLO, Edilson. Uma reflexão sobre tecnologia digital nas escolas do campo como possibilidade para o desenvolvimento dos territórios camponeses. VIII Seminário Internacional sobre Desenvolvimento Regional, p. 1-12, 2017.

BISPO, Antonio. Colonização, quilombos: modos e significados. Brasília: Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Inclusão no Ensino Superior e na Pesquisa, 2015.

CARVALHO, Angela Maria Grossi de; AMÉRICO, Marcos Tuca. Inclusão e cidadania digital no Brasil: a (des) articulação das políticas públicas. Repositório Institucional Unesp, São Paulo, v. 1, p. 1-16, 2014.

CARVALHO, José Murilo de. A cidadania no Brasil: o longo caminho. 3. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002. 226 p.

CENTRO DE INOVAÇÃO PARA A EDUCAÇÃO BRASILEIRA (CIEB): Marco Conceitual Escola Conectada. São Paulo: CIEB, 2021. Disponível em: https://curriculo.cieb.net.br. Acesso em 15 de ma. 2024.

DI FELICE, Massimo. PIREDDU, Mario. KERCKHOVE, Derrick de. MIRANDA, Jose Bragança, MARTINEZ, J. Alberto Sanchez. ACCOTO, Cosimo. Manifesto pela Cidadania Digital.Dossiê: A cidadania digital, o net-ativismo e o protagonismo dos não humanos: a comunidade que vem, v. 12 n. 3 (2018). Disponível em: https://periodicos.ufjf.br/index.php/lumina/issue/view/900. Acesso em maio 2021.

CORREIA, Celise Monteiro França. Educação para cidadania digital: Conceitos, dimensões e reflexões. 2021. 127 f. Dissertação (Mestrado) - Curso de Pós-Graduação, Educação, Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2021.

FELICIANO, Carlos Alberto. A prática da violência no campo brasileiro do século XXI. In Questão agrária e os conflitos territoriais. Editora Outras expressões, 2016.

KRENAK, A. Ideias para adiar o fim do mundo. São Paulo: Companhia das Letras, 2019.

GASPARETTO JÚNIOR, Antonio. Cidadania e direitos sociais no Brasil. Brasília: PNAP; Recife: UPE/NEAD, 2021.

MUNARIM, Iracema. As tecnologias digitais nas escolas do campo: contextos, desafios e possibilidades. 2014. 184 f. Tese (Doutorado) - Curso de Educação, Pós Graduação, Universidade Federal de Santa Catarina, Santa Catarina, 2014.

NUNES, Danilo Henrique; LEHFELD, Lucas Souza. Cidadania digital: direitos, deveres, lides cibernéticas e responsabilidade civil no ordenamento jurídico brasileiro. Revista de Estudos Jurídicos UNESP, Franca, ano 22, n. 35, p. 437 jan/jun.

PONTES, Cristina. Cidadania e escola no contexto digital. E-Curriculum, Lisboa, v. 8, n. 2, p. 1-11, 26 jun. 2020.

VICENTE, Fernanda; MARQUES, Margarida; FERNANDES, Silvia; MEIRINHOS, Manuel. As fake news no contexto da cidadania digital. Biblioteca Digital do IPB, Bragança, v. 1, p. 1-15, 2021.

Published

2024-06-10

How to Cite

Silva, J. S. da, & Alves, T. P. (2024). O espaço de construção das cidadanias nas escolas campesinas: as marcas do colonialismo digital presentes nas políticas públicas de inclusão digital. CONTRIBUCIONES A LAS CIENCIAS SOCIALES, 17(6), e7375. https://doi.org/10.55905/revconv.17n.6-095

Issue

Section

Articles