Câncer colorretal, diagnóstico e tratamento: uma revisão bibliográfica

Authors

  • Yanni Flores Alencar
  • Piter Picole Silva Sousa
  • Georgea Sophia de Sá Furlan
  • Narah Berthyse Barbosa
  • Lucielly Brigida Matos de Carvalho
  • Liz Kéthone Monteiro Martins
  • Celso Oliveira Silva Filho
  • Letícia Carvalho Gonçalves
  • Bárbara Barbosa Pires
  • Liana Miranda Pereira
  • Cleber Queiroz Leite

DOI:

https://doi.org/10.55905/revconv.17n.6-176

Keywords:

câncer colorretal, tratamento, cirurgia, diagnóstico

Abstract

O câncer colorretal (CCR) representa um dos desafios mais significativos para a saúde global, com impactos substanciais na morbimortalidade. As manifestações clínicas iniciais mais comuns são dor abdominal (72,7%), alteração do hábito intestinal (63,6%), hematoquezia (54,5%), muco nas fezes (45,5%); sendo menos comum os achados de massa abdominal palpável, melena, obstrução e febre. A detecção precoce desse tipo de tumor pode ser realizada por meio de métodos como pesquisa de sangue oculto nas fezes, colonoscopia ou retossigmoidoscopia, sendo que a colonoscopia é considerada o padrão-ouro para identificação de lesões pré-cancerígenas com potencial de evolução para neoplasia colorretal. Após o uso de critérios de inclusão e exclusão, foi realizada uma revisão bibliográfica literária, sendo feita pesquisas relacionadas ao tema no período entre 2018 a 2023. As bases de dados escolhidos foram Google Scholar, PubMed, Medline e LILACS. Com o tema estipulado pelos pesquisadores a busca foi feita com os seguintes descritores: “Neoplasias Colorretais”; “Diagnóstico”; “Terapêutica”. O câncer colorretal pode ser tanto diagnosticado em pacientes assintomáticos em exames de rotina, quanto em pacientes que possuem a clínica sugestiva. O diagnóstico inicia-se na triagem em pacientes assintomáticos, são exames de rotina para a detecção de lesões pré neoplásicas ou neoplásicas. Em relação ao tratamento, observou-se que o câncer colorretal utiliza-se de três abordagens diferentes: a cirúrgica, quimioterapia (QT) e associada a elas, pode ter a radioterapia (RT) ou não. Para a escolha do melhor método cirúrgico é essencial a avaliação por uma colonoscopia para estimar a localização e extensão da lesão, para depois realizar um planejamento cirúrgico. A conscientização sobre a importância do rastreamento e a promoção de hábitos de vida saudáveis desempenham um papel vital na prevenção e no manejo global do câncer colorretal. Por isso é importante destacar a importância da detecção precoce e de abordagens terapêuticas abrangentes. A cirurgia continua sendo a principal intervenção. O cuidado coordenado entre uma equipe multidisciplinar e a integração de novas terapias são aspectos essenciais para o tratamento dessa doença.

References

BENSON, A. L. Epidemiology, disease progression, and economic burden of colorectal cancer. Journal of managed care pharmacy, v. 13, n. 6 Supp C, p. 5-18, 2007.

CASIMIRO, E. et al. Fatores de risco, diagnóstico e tratamento do câncer colorretal: uma revisão de literatura. Anais III CONBRACIS, Campina Grande, Realize Editora, 2018. Disponível em: <https://editorarealize.com.br/artigo/visualizar/41081>. Acesso em: 20/10/2023.

DAVID, J. et al. Câncer Colorretal: Características Clínicas e Anatomopatológicas em Pacientes com Idade Inferior a 40 Anos. Colorectal Cancer: Clinical And Anatomopathological Features in Patients Below 40 Years of Age. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/rbc/a/Q6WstZXzXQjdMPv56ZGXSpD/?format=pdf&lang=pt>. Acesso em: 5 out. 2023.

INSTITUTO NACIONAL DE CÂNCER (INCA). (2021). Números do Câncer. Disponível em: https://www.gov.br/inca/pt-br/assuntos/cancer/numeros. Acesso em: 03 de Outubro de 2023.

PUPPIM, P. et al. Abordagem clínica e manejo terapêutico pertinentes ao câncer colorretal. Brazilian Journal of Development, Curitiba, v. 8, n. 8, p. 60243-60253, 2022.

SÉRGIO, M. et al. Câncer Colorretal Sincrônico -Relato de Caso e Revisão de Literatura Sychronous Colorrectal Câncer: A Case Report and Literature Review. Disponível em: <https://www.scielo.br/j/rbc/a/L9kfyhDy6RRFzGStCPWGXzs/?format=pdf>. Acesso em: 5 out. 2023.

SILVA, ALC.; SILVA, LJ da; OLIVEIRA, AS; OLIVEIRA, RL de; RAMOS, LG de A. Cuidados de enfermagem ao paciente com câncer colorretal. Pesquisa, Sociedade e Desenvolvimento , [S. l.] , v. 9, pág. e46910918281, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i9.18281. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/18281. Acesso em: 4 out. 2023.

ZHANG, X. et al. Total neoadjuvant therapy versus standard therapy in locally advanced rectal cancer: A systematic review and meta-analysis of 15 trials. PLoS ONE, Itália, v. 17, n. 11, e0276599, 2022. DOI: https://doi.org/10.1371/journal. pone.0276599.

Published

2024-06-18

How to Cite

Alencar, Y. F., Sousa, P. P. S., Furlan, G. S. de S., Barbosa, N. B., Carvalho, L. B. M. de, Martins, L. K. M., Silva Filho, C. O., Gonçalves, L. C., Pires, B. B., Pereira, L. M., & Leite, C. Q. (2024). Câncer colorretal, diagnóstico e tratamento: uma revisão bibliográfica. CONTRIBUCIONES A LAS CIENCIAS SOCIALES, 17(6), e7555. https://doi.org/10.55905/revconv.17n.6-176

Issue

Section

Articles