Deterioração controlada para avaliar a qualidade fisiológica de sementes de Brachiaria brizantha comercializadas

Authors

  • Tiago de Oliveira Sousa
  • Thais Silva Sales
  • Soryana Gonçalves Ferreira de Melo
  • Cintia Maria Teixeira Fialho
  • Raquel Maria de Oliveira Pires
  • Marcela Carlota Nery

DOI:

https://doi.org/10.55905/revconv.17n.6-200

Keywords:

germinação, emergência, vigor, forrageira

Abstract

O teste de deterioração controlada tem sido muito utilizado na diferenciação de sementes quanto ao nível de vigor em diversas espécies. Entretanto, as condições para realização desse teste são incipientes, sobretudo, quando se trata de espécies forrageiras tropicais. Assim, objetivou-se adequar a metodologia do teste de deterioração controlada para avaliação da qualidade fisiológica de sementes de B. brizantha comercializadas. Foram utilizados quatro lotes comerciais de cada cultivar de B. brizantha cv. Marandú e cv. Piatã, sendo que para avaliação do perfil dos lotes, foram analisados os seguintes caracteres: porcentagem de pureza, grau de umidade, peso de mil sementes, primeira contagem de germinação, germinação, índice de velocidade de germinação, estande inicial, emergência e índice de velocidade de emergência. Para o teste de deterioração controlada foi utilizado os quatro lotes comerciais de sementes de B. brizantha cv. Marandú e cv. Piatã, sendo o teor de água de cada lote ajustado para 15%, 20% e 25%. Posteriormente, as sementes foram submetidas às temperaturas de 42ºC e 45ºC por 24 horas. Análise de correlação simples tipo Pearson foram estabelecidas entre os resultados dos testes de deterioração controlada, germinação e emergência. O teste de deterioração controlada utilizando a umidade de 20% em temperatura de 45ºC foi eficiente para separar lotes comerciais de sementes de B. brizantha em diferentes níveis de qualidade e seus resultados correlacionam-se positivamente com os valores da germinação e emergência de plântulas.

References

BATISTA, T. B.; CARDOSO, E. D.; BINOTTI, F. F. DA S.; COSTA, E.; SÁ, M. E. Priming and stress under high humidity and temperature on the physiological quality of Brachiaria brizantha cv. MG-5 seeds. Acta Scientiarum. Agronomy, v. 38, n. 1, p. 123-127, 2016.

BONOME, L. T. S.; GUIMARÃES, R. M.; OLIVEIRA, J. A.; ANDRADE, V. C.; CABRAL, P. S. Efeito do condicionamento osmótico em sementes de Brachiaria brizantha cv. Marandu. Ciência e Agrotecnologia, v. 30, n. 3, p. 422-428, 2006. Doi: 10.1590/S1413-70542006000300006. Disponível em: https://www.scielo.br/j/cagro/a/ZFYqyJSbwsmYGD4SDTcGQyn/?format=pdf&lang=pt. Acesso em: 15 mai. 2024

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução Normativa n° 30 de 26 de outubro de 2010: Alteração da Instrução Normativa n° 30 de 21 de maio de 2008. Brasília: Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, 2010. Disponível em: http://www.in.gov.br/autenticidade.html. Acesso em: 20 abr. 2024.

BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regras para Análise de Sementes. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Secretaria de Defesa Agropecuária, Brasília, DF, 2009. 395 p. Disponível em: https://www.gov.br/agricultura/pt-br/assuntos/insumos-agropecuarios/arquivos-publicacoes-insumos/2946_regras_analise_sementes.pdf. Acesso em: 10 mai. 2024

BRAZ, M. R. S.; ROSSETTO, C. A. V. Correlação entre testes para avaliação da qualidade de sementes de girassol e emergência das plântulas em campo. Ciência Rural, v.39, n.7, p. 2004-2009, 2009.

CARVALHO, F. J.; AGUIAR, L. M.; SOUSA, L. A. Uso do ácido sulfúrico e nitrato de potássio no teste de germinação de Brachiaria Brizantha cv. 'Marandu'. Centro Científico Conhecer: Agrarian Academy, v. 2, n. 4, p. 1-8, 2015.

CARVALHO, N. M.; NAKAGAWA, J. Sementes: ciência, tecnologia e produção. Jaboticabal: FUNEP, 2012. 590 p.

CRUZ, S. M.; NERY, M. C.; ROCHA, A. de S.; VON PINHO, É. V. de R.; ANDRADE, P. C. de R.; DIAS, D. C. F. dos S. Testes de vigor para avaliação de crambe (Crambe abyssinica Hochst) a qualidade das sementes. Journal of Seed Science, v. 35, n. 4, p. 485-494, 2013.

DIAS, D. C. F. S.; TOLEDO, F. F. de. Germinação e incidência de fungos em testes com sementes de Brachiaria brizantha Stapf. Scientia Agrícola, v. 50, n. 1, p. 68-73, 1993.

DIAS, M. A. N.; MONDO, V. H. V.; CICERO, S. M.; GONCALVES, N. R.; SILVA, C.A.T. Vigour tests association as an alternative for precise and efficient assessment of maize seed quality. Revista Caatinga, v. 28, n. 3, p 93-99, 2015. Doi: 10.1590/1983-21252015v28n311rc. Disponível em: https://www.scielo.br/j/rcaat/a/5zXkhHRztcwVphqXW7hyp3m/?format=pdf&lang=en. Acesso em: 02 mai. 2024

FRANÇA NETO, J. B.; KRZYZANOWSKI, F. C.; HENNING, A. A.; PÁDUA, G. P.; LORINI, I.; HENNING, F. A. Tecnologia da produção de semente de soja de alta qualidade. Documentos, Embrapa Soja, n. 380, 84p, 2016.

ISTA. International rules for seed testing. International Seed Testing Association, Wallisellen, Switzerland. International Rules for Seed Testing (2021), Full Issue I–19-8, 300, 2022. Doi: 10.15258/istarules. Disponível em: https://www.seedtest.org/en/publications/international-rules-seed-testing.html. Acesso em: 12 jan. 2024.

JULIATTI, F. C.; BIANCO JUNIOR, R. D.; MARTINS, J. A. S. Qualidade fisiológica e sanitária de sementes de algodoeiro produzidas nas regiões do triângulo mineiro e sul de Góias. Bioscience Journal, v.27, n.1, p.24-31, 2011.

KHALILIAQDAM, N.; SOLTANI, A.; LATIFI, N.; FAR, F. G. Laboratory tests for predicting emergence of soybean cultivars. Plant Knowledge Journal, v. 2, n. 2, p. 85-93, 2013.

KRISHNAN, H. B.; KIM, W. S.; OEHRLE, N. W.; SMITH, J. R.; GILLMAN, J. D. Effect of heat stress on seed protein composition and ultrastructure of protein storage vacuoles in the cotyledonary parenchyma cells of soybean genotypes that are either tolerant or sensitive to elevated temperatures. International Journal of Molecular Sciences, v. 21, n. 13, p. 4775, 2020. Doi: 10.3390/ijms21134775. Disponível em: https://www.mdpi.com/1422-0067/21/13/4775. Acesso em: 12 abri. 2024

KUMAR, A.; HANSON, J.; ABDENA, A. Production of high-quality tropical forage legume seeds. In: Tiwari, A.K. (eds) Advances in Seed Production and Management. Springer, Singapore. P. 119-137, 2020. Doi: 10.1007/978-981-15-4198-8_6. Disponível em: https://hdl.handle.net/10568/112481. Acesso em 21 de abri. 2024

LEÃO-ARAÚJO, E. F.; SANTOS, J. F.; SILVA, C. B.; MARCOS FILHO, J.; VIEIRA, R. D. Controlled deterioration test and use of the Seed Vigor Imaging System (SVIS®) to evaluate the physiological potential of crambe seeds. Journal of Seed Science, v.39, n.4, p.393-400, 2017.

LEE, Y. I.; YEUNG, E. C. The orchid seed coat: a developmental and functional perspective. Bot Stud, v. 64, n. 1, p. 27, 2023. Doi: 10.1186/s40529-023-00400-0. Disponível em: https://as-botanicalstudies.springeropen.com/articles/10.1186/s40529-023-00400-0. Acesso em: 02 mai. 2024

LIMA, K. N.; TEODORO, P. E.; PINHEIRO, G. S.; PEREIRA, A. C. E TORRES, F. E. Superação de dormência em capim-Braquiária. Nucleus, vol. 12, n. 2, p. 167-174, 2015.

MACIEL, L. M.; TUNES, L. V. M. A importância do controle de qualidade nas sementes de milho / The importance of quality control in corn seeds. Brazilian Journal of Development, v. 7, n. 5, p. 49934–49938, 2021. Doi: 10.34117/bjdv.v7i5.30011. Disponível em: https://ojs.brazilianjournals.com.br/ojs/index.php/BRJD/article/view/30011. Acesso em: 02 mai. 2024.

MAGUIRE, J. D. Speed of germination aid in selection and evaluation for seedling emergence and vigor. Crop Science, v. 2, n. 2, p.176-77, 1962.

MARCOS FILHO, J. Fisiologia de sementes de plantas cultivadas. Londrina: ABRATES, 2015. 659 p.

MARINI, P.; MORAES, C. L.; MARINI, N.; MORAES, D. M.; AMARANTE, L. Alterações fisiológicas e bioquímicas em sementes de arroz submetidas ao estresse térmico. Revista Ciência Agronômica, v. 43, n. 4, p. 722-730, 2012.

MEDEIROS, J. A. D.; NUNES, S. P. L.; FELIX, F. C.; FERRARI, C. S.; PACHECO, M. V.; TORRES, S. B. Vigor test of (strong) normal intact Amburana cearensis (Allemão) A.C. Smith seedlings. Journal of Seed Science, v. 42, e202042011, 2020. Doi: 10.1590/2317-1545v42221611. Disponível em: https://www.scielo.br/j/jss/a/bN7MDSXqBbKFdrfDB8xTRfh/?format=pdf&lang=en. Acesso em: 02 abr. 2024.

MELO, P. A. F. R.; JEROMINI, T. S.; AFFONSO, C. E.; ALVES, E. U.; MARTINS, C. C. Vigor tests in assessing the quality of signal grass seeds. Semina: Ciências Agrárias, v. 38, n. 6, p. 3491-3498, 2017.

MENEGAZZO, R. F.; MENEGAZZO, A. W.; FRANCISCO, J. P.; LOPES, A. D. Influência da temperatura na superação de dormência e germinação de Brachiaria. Research, Society and Development, v. 9, n.12, e43891211329, 2020. Doi: 10.33448/rsd-v9i12.113291. Disponível em: https://www.researchgate.net/publication/348022863_Influencia_da_temperatura_na_superacao_de_dormencia_e_germinacao_de_Brachiaria. Acesso em: 15 fev. 2024.

MESCHEDE, D. K.; SALES, J. G. C.; BRACCINI, A. de L.; SCAPIM, C. A.; SCHUAB, S. R. P. Tratamentos para superação da dormência das sementes de capim-braquiária cultivar Marandu. Revista Brasileira de Sementes, v. 26, n. 2, p. 76-81, 2004.

MIRAY, R.; KAZAZ, S.; TO A.; BAUD, S. Molecular control of oil metabolism in the endosperm of seeds. International Journal of Molecular Sciences, v. 22, p. 1–23, 2021. Doi: 10.3390/ijms22041621. Disponível em: https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/33562710/. Acesso em: 10 jan. 2024.

MORAD, S. Study on some aspects of seed viability and vigor. International journal of Advanced Biological and Biomedical Research, v. 1, n. 12, p. 1692-1697, 2013.

MORAIS, C. S. B.; ROSSETTO, C. A. V. Testes de deterioração controlada e envelhecimento acelerado para avaliação do vigor em nabo forrageiro. Revista Ciência Agronômica, v. 44, n. 4, p. 703-713, 2013.

MUNYANEZA, V.; LI, D.; JIA, P.; HU, X. Various vigour test methods to rank seed lot quality and predict field emergence in two forage grasses. Seed Science and Technology, v. 50, n. 3, p. 345-356, 2022. Doi: 10.15258/sst.2022.50.3.06. Disponível em: https://www.ingentaconnect.com/content/ista/sst/2022/00000050/00000003/art00006;jsessionid=u1lps0v0j72.x-ic-live-02. Acesso em: 10 jan. 2024

NADERIDARBAGHSHAHI, M.; JALALIZAND, A. Correlation and simple regression models relationship of some seed vigour tests and field seed emergence of crops. International Journal of Plant Production, v.1, p. 50 – 56, 2013.

NERY, M.C.; CARVALHO, M.L.M.; GUIMARÃES, R. M. Testes de vigor para avaliação da qualidade de sementes de nabo forrageiro. Informativo Abrates, v.19, n.1, p.9-20, 2009.

NOVEMBRE, A. D. da L. C.; CHAMMA, H. M. C. P.; GOMES, R. B. R. Viabilidade das sementes de braquiária pelo teste de tetrazólio. Revista Brasileira de Sementes, v. 28, n. 2, p. 147-151, 2006.

OLIVEIRA, A. S.; NERY, M. C.; RIBEIRO, K. G.; ROCHA, A. S.; CUNHA, P. T.; PIRES, R. M. DE O. Methodological adjustments to the vigor tests in Brachiaria brizantha Marandu cultivar seed. International Journal of Current Research, v. 8, n. 2, p. 26466-26470, 2016.

ONWIMOL, D.; CHANMPRASERT, W.; CHANGSEE, P.; RONGSANGCHAICHAREON, T. J. A.; Resources, N. Seed vigour classification using analysis of mean radicle emergence time and single counts of radicle emergence in rice (Oryza sativa L.) and mung bean (Vigna radiata (L.) Wilczek). Agriculture and Natural Resources, v. 50, n. 5, p. 345-350, 2016. Doi: 10.1016/j.anres.2016.12.003.Disponível em: https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S2452316X16302423?via%3Dihub. Acesso em: 10 jan. 2024.

PARIZ, C. M.; FERREIRA, R. L.; SÁ, M. E.; ANDREOTTI, M.; CHIODEROLI, C. A.; RIBEIRO, A. P. Qualidade fisiológica de sementes de Brachiaria e avaliação da produtividade de massa seca, em diferentes sistemas de integração lavoura-pecuária sob irrigação. Pesquisa Agropecuária Tropical, v. 40, n. 3, p. 330-340, 2010.

POMPELLI, M. F.; JARMA-OROZCO, A.; RODRIGUEZ-PÁEZ, L. A. Imbibition and germination of seeds with economic and ecological interest: Physical and biochemical factors involved. Sustainability, 15, 5394, 2023. Doi: 10.3390/su15065394. Disponível em: https://www.mdpi.com/2071-1050/15/6/5394. Acesso em: 15 fev. 2024.

R CORE TEAM. R Foundation for Statistical Computing. A language and environment for statistical computing. Version. 3.0.1. Vienna, Austria: R Core Team, 2013.

RADKE, A. K.; MAASS, D. W.; PIEPER, M. S.; XAVIER, F. M.; MARTINS, A. B. N.; VERGARA, R. O.; VILLELA, F. A.; MENEGHELLO, G. E. Electrical conductivity test to evaluate the physiological quality of Salvia hispanica L. seeds. Journal of Agricultural Science, v. 10, n. 3, p. 377-383, 2018.

RASERA, G. B.; CASTRO, R. J. S. Germinação de grãos: uma revisão sistemática de como os processos bioquímicos envolvidos afetam o conteúdo e o perfil de compostos fenólicos e suas propriedades antioxidantes. Brazilian Journal of Natural Sciences, v. 3, n. 1, p. 287, 2020.

RIBEIRO, A. M. P.; SILVA, A. A. P.; ALVES, R. V. M.; LIMA, V. A. P.; SANTOS, H. O.; PINHO, É. V. R. V. Fenotipagem de plântulas de tabaco pela análise de imagens. Contribuciones a las ciencias sociales, v. 17, n. 2, e5437, 2024. Doi: 10.55905/revconv.17n.2-356. Disponível em: https://ojs.revistacontribuciones.com/ojs/index.php/clcs/article/view/5437. Acesso em: 15 fev. 2024.

ROCHA, A. S. Qualidade fisiológica e atividade enzimática de sementes de gergelim após o teste de envelhecimento acelerado. 2016. 35 p. Dissertação (Mestrado) – Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal, Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri, Diamantina, 2016.

SILVA, A. Q.; OLIVEIRA, L. A.; SILVA, C. P.; MENDES, C. T. E.; FERREIRA, A. M. O.; SÁFADI, T.; CARVALHO, M. L. M. Seed quality of Brachiaria brizantha by X-ray image analysis using a Bayesian approach. Acta Scientiarum. Agronomy, v. 44, e55960, 2022. Doi: 10.4025/actasciagron.v44i1.55960. Disponível em: https://periodicos.uem.br/ojs/index.php/ActaSciAgron/article/view/55960. Acesso em: 15 fev. 2024.

SILVA, G. Z.; MARTINS, C. C.; CRUZ, J. O.; JEROMINI, T. S.; BRUNO, R. L. A. Evaluation the physiological quality of Brachiaria brizantha cv. BRS ‘Piatã’ SEEDS. Revista de Biociências, n. 33, v. 3, p. 572-580, 2017. Doi: 10.14393/BJ-v33n3-36519. Disponível em: file:///C:/Users/T/Downloads/admin,+2-Agra_36519.pdf. Acesso em: 10 mar. 2024.

VIEIRA, H. D.; SILVA, R. F.; BARROS, R. S. Efeito de substâncias reguladoras de crescimento sobre a germinação de sementes de braquiarão cv. Marandu. Revista Brasileira de Fisiologia Vegetal, v.10, n.2, p.143-148, 1998.

ZUCARELI, C.; CAVARIANI, C.; SBRUSSI, C. A. G.; NAKAGAWA, J. Teste de deterioração controlada na avaliação do vigor de sementes de milho. Revista Brasileira de Sementes, v. 33, n.4, p. 732 - 742, 2011.

Published

2024-06-19

How to Cite

Sousa, T. de O., Sales, T. S., Melo, S. G. F. de, Fialho, C. M. T., Pires, R. M. de O., & Nery, M. C. (2024). Deterioração controlada para avaliar a qualidade fisiológica de sementes de Brachiaria brizantha comercializadas. CONTRIBUCIONES A LAS CIENCIAS SOCIALES, 17(6), e7596. https://doi.org/10.55905/revconv.17n.6-200

Issue

Section

Articles